terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Abertas 280 vagas para professores do Projovem Urbano em 37 cidades da PB

Está aberta até esta terça-feira (27), a seleção para a contratação de 280 profissionais para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano), por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE). O site para as inscrições estava com problemas, mas já está funcionando. Veja aqui o edital. São vagas para profissionais de Educação do Ensino Fundamental, Qualificação Profissional e Participação Cidadã em 37 municípios da Paraíba com 40 núcleos distribuídos. Serão disponibilizadas 80 vagas para Educador Acolhedor de crianças dos pais matriculados no programa, de acordo com os municípios e respectivos núcleos. Depois de inscrito, o candidato será submetido a mais duas etapas, a Prova de Títulos e a Entrevista Escrita, que serão realizadas entre os dias 2 e 6 de fevereiro.

Deputados eleitos tomam posse no próximo domingo

Os deputados eleitos tomam posse no próximo domingo (1º), às 9h30, no plenário Deputado José Mariz. Após a posse, os 36 parlamentares elegerão a nova Mesa Diretora da Casa de Epitácio Pessoa, com mandato de dois anos - biênio 2015-2016.
De acordo com o artigo 6º do regimento interno da ALPB, a eleição da Mesa Diretora ocorre em sessão preparatória, sempre no dia 1º de fevereiro, no ano inicial de cada legislatura, após a posse dos deputados eleitos. O mandato é de dois anos, permitida a recondução para o mesmo cargo na eleição subsequente.
Ainda de acordo com o regimento, o processo eleitoral ocorre por votação secreta, por meio do sistema eletrônico, em plenário. É exigida ainda a maioria absoluta de 19 votos, em primeiro escrutínio, e a maioria simples, em segundo, com os dois mais votados para cada cargo, desde que esteja presente a maioria absoluta dos deputados.
Na composição da Mesa é assegurada ainda, sempre que possível, a representação proporcional dos partidos ou blocos parlamentares que participem da ALPB, sem prejuízo de candidaturas avulsas.A proclamação do resultado final é feita pelo presidente da Casa de Epitácio Pessoa e, em seguida, ocorre a posse imediata dos eleitos.

Corte do subsídio faz milho subir 73,38% na Paraíba

Com a retirada do apoio do governo federal, o preço da saca de milho subiu 73,38% na Paraíba, passando de R$ 21,00 para R$ 36,41 neste mês. O aumento deve ter impacto direto no orçamento de 25 mil pequenos produtores paraibanos cadastrados, segundo informou o superintendente da Conab na Paraíba (Companhia Nacional de Abastecimento), Gustavo Lima.
Apesar do forte aumento no milho aos pequenos produtores que já enfrentam três anos de seca, o superintendente afirmou que o preço oferecido pela Conab ainda é competitivo. A saca de 60 kg vendida no mercado custa entre R$ 40,00 a R$ 45,00.
Para Gustavo Lima, a medida do governo de retirar o subsídio deve ser analisada dentro do atual contexto econômico do país.“Foi uma medida do programa econômico do governo. O ministro Joaquim Levy vem fazendo várias alterações nos programas do governo e esse já não tinha uma procura muito grande”, explicou.
Gustavo Lima admitiu que ainda não é possível verificar o impacto dos novos preços, até porque as vendas em João Pessoa ainda nem começaram. “Estamos com milho em Patos e Monteiro. O de João Pessoa ainda vai chegar essa semana”, disse. Para ele, ainda será preciso esperar pelo menos dois meses antes de avaliar o impacto.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Presidente do PSB de Princesa Isabel reúne representantes políticos para traçar novo projeto político para 2016

O presidente do PSB em Princesa Isabel, Dr. Aledson Moura, reuniu representantes políticos em sua residência para planejar o processo eleitoral de 2016 e lançar novas estratégias em busca da participação efetiva da militância, filiados e simpatizantes nos processos políticos de agora em diante.
Estavam presentes na reunião diversos representantes do meio político, como o Advogado Dr. Rivaldo Rodrigues, Dr. Diomar, Cabo Domingos, Jailson e Estrelinha da Várzea. O grupo, intitulado de "Grupo da Mudança", engloba nomes como Zé Nominando, Dr. Zé Batista, Ramon Batista, Ronaldo e outros, que apoiam o projeto.
Segundo o Líder do PSB, Dr. Aledson Moura, desse grupo sairá um nome para disputar as eleições municipais de 2016. "Ainda estamos definindo os rumos, pois haverá novas filiações junto ao PSB e a partir daí os nomes automaticamente serão apresentados." Destacou Aledson, já adiantando que o Advogado Dr. Rivaldo Rodrigues vai se filiar ao PSB.
O grupo ainda dispõe de dois nomes como pré candidatos à Prefeito, Dr. Aledson e Dr. Rivaldo, além de variados nomes para vereador. Nesse apoio ainda se encaixa a colaboração do princesense Edvaldo Rosas, presidente estadual do PSB e que ficou feliz ao ver novos nomes na política princesense se apresentando à disposição do partido socialista.
"Temos certeza de que temos uma base solidificada e, é com essa base que vamos buscar evoluir em nossos projetos políticos, que começam a ser trabalhados a partir de agora. Iremos nos reunir sempre com o objetivo de traçar os novos rumos políticos, ouvindo a população em busca de atender seus anseios. " Destacou Dr. Aledson.
Dr. Aledson já está sendo procurado por outros representantes políticos para uma possível aliança, mas já adiantou que está seguro quanto aos projetos de seu grupo.
O nome de Aledson Moura vem crescendo no cenário político atual, causado por um movimento natural da população que reconheceu seu potencial político e administrativo tendo como referência a UPA de Princesa Isabel, que recentemente foi aplaudida pelo Governo do Estado, graças a um modelo de administração humanizado, estabelecido por Aledson Moura e sua equipe que Coordena os trabalhos na Unidade.
O 'Grupo da Mudança' vai priorizar projetos focados na saúde, educação e geração de emprego e renda.
SB

Secretaria de Educação de Manaíra reúne comissão para a elaboração do Plano Municipal de Educação

A Secretaria de Educação de Manaíra realizou a primeira reunião com a comissão de elaboração do Plano Municipal de Educação (PME). A reunião foi realizada no Centro de Múltiplo Uso e contou com a participação da equipe da Secretaria de Educação, como também de outros profissionais da área, que na oportunidade debateram sobre a constituição e a elaboração do Plano Municipal de Educação (PME), que será integrado ao Plano Estadual de Educação e Plano Nacional de Educação (PEE e PNE). Nesse primeiro encontro, foi estudado o Plano Nacional de Educação (PNE), com momentos de interação do conteúdo entre os participantes, que analisaram criteriosamente o documento. Todas as metas do PNE vão ser inseridas no Plano Municipal de Educação, e receberão estratégias adequadas à realidade da educação oferecida pelas Unidades Executoras existentes no município de Manaíra.
Para a Secretaria de Educação todos os envolvidos têm ciência de suas responsabilidades e do seu papel, na coleta de dados, que são diagnósticos essenciais para elaboração das estratégias incorporadas no PME. Além da socialização, os profissionais receberam material impresso para continuação de seus estudos.
SB

Estado anuncia reajuste de 1% para cerca de 25 mil servidores

O governo do estado divulgou no final de semana o reajuste salarial do funcionalismo público estadual. Para cerca de 25 mil servidores, o reajuste ficou em 1%, representando um acréscimo de aproximadamente R$ 10 milhões por ano na folha do Estado.
Já as demais categorias, como professores, policiais, agentes fiscais e servidores da saúde tiveram aumentos diferenciados. O piso do professor na Paraíba será de 1.525,00 para 30 horas, 20% a mais do valor recebido em dezembro de 2014, que foi de R$ 1.273,00.
Além da elevação do piso, o Governo dará 9% de aumento para o professor que recebe acima, sendo 4,5% a ser implantando a partir de janeiro e mais 4,5% a partir de outubro. O impacto financeiro do aumento para o magistério, ao final, chegará a R$ 5,9 milhões por mês, contemplando ao todo 26.887 servidores.
Segundo o governo, os valores foram pactuados com as diversas categorias durante audiências ocorridas no decorrer de janeiro.Com as bolsas garantidas pelo Estado, que variam de R$ 265 a R$ 610, o menor salário de um professor de carreira na Paraíba será de R$ 1.790,00, 93% acima do valor pago até dezembro de 2010.
O pessoal da área de Segurança terá reajuste de 5%. O aumento contempla policiais militares, bombeiros, policiais civis e ainda agentes penitenciários. Ao todo, 21.481 servidores. E vai gerar um impacto de aproximadamente R$ 3 milhões por mês.
Para o pessoal de saúde, que representa um quadro com 7.467 servidores, o aumento na remuneração também será de 5%, a partir de janeiro. Os agentes fiscais terão aumento de 50% na Bolsa Desempenho. Neste modelo, 89 mil dos 114 mil servidores recebem reajuste diferenciado.
Ao todo, o reajuste prevê um acréscimo de 14,3 milhões por mês na folha de pessoal do Estado.O governador Ricardo Coutinho destacou que a Paraíba não pode ultrapassar os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal com gastos de pessoal, atualmente representando 49% de toda a Receita Corrente Líquida do Estado.
“O cenário econômico nacional, que tem reduzido o repasse de recursos do Fundo de Participação dos Estados e, consequentemente, abalado o volume das receitas estaduais, aponta para um quadro de alerta e para necessidade de medidas financeiras responsáveis”, destacou

Prefeitos da Paraíba se preparam para crise econômica para este ano

Cientes das dificuldades pelas quais passariam neste ano na economia, gestores municipais paraibanos parecem não ter se surpreendido tanto com as medidas anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT) neste início de nova gestão petista a frente do Governo Federal. Para eles, o dever de casa já vinha sendo feito com arrocho nas contas municipais. Agora, eles afirmam que mesmo com as quedas de repasse e previsões ‘nebulosas’ para 2015, estão se preparando para passar pelos mesmos problemas recorrentes a cada ano como a queda do FPM e a seca, com demissão de servidores e mantendo apenas o essencial em funcionamento.
O prefeito de Alagoa Grande, por exemplo, afirma que ao longo dos anos o Governo Federal vem municipalizando as ações de governo e isso cria mais despesas para as prefeituras. Uma verdade testemunhada por todos os municípios paraibanos.
O Governo Federal vem ao longo do tempo municipalizando todas as suas ações, como a saúde, ação social, educação, e colocando toda a carga em cima dos municípios, então os municípios têm que arcar com a parte patronal das despesas, por exemplo, os programas sociais como Bolsa Família e outros feitos através de recursos do governo federal fundo a fundo para os municípios, mas os municípios ficam com a responsabilidade de pagar a parte patronal.
Isso está esmagando as finanças dos municípios, então a cada dia que passa a situação de administrar um município é muito mais difícil do que antes e nós não sabemos onde vai parar”, disse a Prefeita de Patos, Chica Mota.
PBHOJE

Total Saúde Solidário estreou com recorde de público

O primeiro evento do Total Saúde Solidário realizado pelo Grupo Aledson Moura neste domingo, foi um sucesso. Além dos pacientes inscritos, os médicos e voluntários do evento, tiveram que se desdobrar para atender a demanda que procurou os serviços no dia do evento.
Mesmo sem a inscrição prévia, todos os que chegaram a sede do Total Saúde foram atendidos. O evento contou com o apoio de diversos profissionais da saúde, como os Dentistas Dra Mônica Moura, Dra Gécica Santos e Dr Mario Ferreira, o Nutricionista Dr Emanuel, a Psicóloga Dra Liege, o Mastologista Dr Roberto Vicente, a Enfermeira Bárbara Duarte, o Fisioterapeuta Dr Harmendes Bruno, a Biomédica Dra Alanny Moura, o Médico Clínico Geral Dr Alan Moura e na Ultrassonografia Dr Aledson Moura.
Na oportunidade houve a entrega de medicamentos, com a parceria da Farmácia Nunes. Mais de 10 pessoas trabalharam de forma voluntária e cada visitante elogiou a iniciativa do Grupo Aledson Moura.
" Só uma pessoa de bom coração poderia fazer uma coisa dessa. Dá exame, consulta e remédio aos que não tem condições." Frisou Seu Raimundo, do Bairro da Baixa.
O médico e idealizador do evento, Dr. Aledson Moura,disse que ver a satisfação da comunidade é muito gratificante. " O reconhecimento vem com cada gesto de gratidão que recebemos. Ver o agradecimento das pessoas nos emociona e nos fortalece ainda mais para a realização de outros eventos desta natureza. A população necessita de ter uma saúde de qualidade e acessível a todos." Destacou Aledson.
"A impressão deles, foi a melhor possível. E muitos retornarão como clientes especiais." Disse Edmayram, Assistente Administrativa do Total Saúde, que afirmou terem sido atendidas mais de 300 pessoas. Confira as fotos:
SB

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Carnaval de São José de Princesa terá Yegor Bandolero

A Prefeitura de São José de Princesa vai realizar o tradicional Carnaval " Domingo Folia". Desde 1998 que a cidade de São José de Princesa é palco do maior do carnaval da região, onde cerca de 5 mil pessoas se reúnem todos os anos em praça pública, no domingo de carnaval. O Domingo Folia de 2015 terá uma grande atração, o ex vocalista do Capim Cubano, Yegor Bandoleiro, que promete fazer um grande show. No palco ainda tocam as bandas Uz Frajolaz, Pagode Estilo e Banda de Frevo.
A festa de carnaval 2015 em São José de Princesa será no domingo, 15 de fevereiro, na praça da matriz, a partir do meio dia.
SB

UPA 24h de Princesa Isabel completa 4 meses de atuação e recebe elogios da Secretaria Estadual de Saúde

A nova Secretária Estadual de Saúde, Dra Roberta Abath, esteve recebendo em seu gabinete em João Pessoa, a diretoria administrativa da UPA 24h de Princesa Isabel, representada por Dra Alane Moura (Diretora da Unidade) e Dr Alan Moura (Médico).
Na reunião, a nova Secretária Dra Roberta avaliou os serviços prestados pela UPA de Princesa Isabel e teceu elogios quanto a organização e manutenção dos serviços, parabenizando o corpo administrativo da referida Unidade. Dra Alane Moura que responde pela administração geral da UPA, disse se sentir orgulhosa com o reconhecimento e mais feliz ainda por saber que a UPA de Princesa Isabel está sendo referência no Estado.
Desde a sua inauguração, em 23 de setembro de 2014, a Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24h - de Princesa Isabel, já colaborou muito com a saúde pública de Princesa Isabel e cidades conveniadas para atendimento, já que a Unidade atende a demanda da 11ª região, composta por mais 06 municípios.
Completando 04 meses de atuação, já foram atendidos em média 1.500 pessoas.
A Supervisora Geral do Programa ABBC, Dra Lindinalva, que gerência os serviços de saúde da UPA de Princesa Isabel, disse que a Unidade de Pronto Atendimento de Princesa está sendo referência no Estado e é considerada como uma das melhores do país. "A procura é intensa com uma grandiosa demanda. Porém a resolução imediata dos problemas dos pacientes, fazem com que a Unidade seja modelo." Destacou a Supervisora.
Dra Alane Moura, Diretora da UPA 24h de Princesa,destacou que os atendimentos realizados na unidade tem suprido a demanda dos pacientes que precisam de um atendimento mais imediato. “Está dando um suporte intermediário muito bom, principalmente pela falta de médicos que temos na atenção básica. Acaba suprindo a necessidade, principalmente para as pessoas que estão precisando de um atendimento mais imediato”, declara.
A UPA funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, e pode resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. A UPA de Princesa consegue resolver 97% dos casos de saúde apresentados na Unidade.
O Médico Dr. Aledson Moura, que é irmão de Dra Alane, disse reconhecer o esforço da irmã em potencializar os atendimentos da UPA. " Quando o Governo do Estado me confiou a administração da UPA, sabia que a indicação do nome de Alane era o melhor a fazer, pois a sua capacidade de administração e humanização na saúde fazem a diferença e por isso a Unidade está recebendo esses aplausos a nível de Estado, sendo referência também no país." Pontuou com orgulho, Aledson Moura.
SB

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Em Princesa: Secretaria de Saúde recebe novos veículos para a Atenção Básica

Dois novos carros chegaram em Princesa Isabel para atender as demandas e necessidades da Secretaria Municipal de Saúde. Os novos veículos vão ampliar a frota, oferecer mobilidade e atendimento de qualidade a toda população.
A população contará agora com um Gol e um Amarok (Pickup) que estarão à disposição da comunidade e dos servidores públicos para atender a Atenção Básica.
De acordo com Vitória Augusta, Secretária de Saúde , a aquisição torna o quotidiano mais fácil e ágil – "Os novos veículos vieram para somar. Foi uma excelente aquisição que facilitará os serviços e transporte de imunobiológicos, distribuição de materiais para os módulos de saúde, fiscalização de estabelecimentos, vigilância ambiental, controle vetores e outros" – declarou.
O Gol ficará a disposição no NASF e a Pickup estará disponível para auxiliar os PSF's da Zona Rural.
"A atenção básica envolve um conjunto de ações para atender a população de forma individual e coletiva, voltadas principalmente para a promoção e prevenção à saúde. A aquisição do veículo para nosso setor é de imensa importância para atingir 100% de cobertura municipal. Utilizemos para nossas visitas domiciliares facilitando assim o atendimento a população e para nossos profissionais, também para toda a parte de logística que é realizada e para supervisão técnica. Com esses transportes poderemos melhorar essa qualidade das visitas domiciliares e todo processo de trabalho." Frisou Vitória.
Os carros foram adquiridos através de recursos federais através de emenda parlamentar do Deputado Rui Carneiro.
SB - ASCOM PMPI

90% das prefeituras paraibanas não irão promover Carnaval em 2015, diz Famup

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, afirmou que 90% dos prefeitos não irão realizar festividades carnavalescas em 2015. “Os gestores estão maneirando e deixando de fazer eventos de carnaval”, disse.
Para os prefeitos que optaram em promover o evento, o presidente da Famup pediu cautela. “Diante da escassez de recursos, é bom fazer as festividades dentro das possibilidades financeiras e não fazer gastos excessivos e enfrentar dificuldades para cumprir os compromissos com a população”, alertou.
A Cidade de Sousa por exemplo não vai realizar este ano o tradicional desfile de escolas de samba, que é a marca registrada do carnaval sousense. O prefeito André Gadelha fez o anúncio, de forma oficial, nesta quarta-feira (21), do cancelamento do carnaval do município, pedindo a compreensão da população diante da crise que o país atravessa.
Com esta mesma posição e cautela, diversos municípios na Paraíba passarão a tomar as mesmas decisões e não vão mais realizar o carnaval, principalmente após o cancelamento da verba do governo do estado.
FAMUP

Aesa prevê chuvas isoladas no Sertão para esta quinta-feira

O aumento da nebulosidade e a alta concentração de umidade no ar devem provocar chuvas isoladas no sertão paraibano. De acordo com Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), as precipitações devem acontecer no final da tarde desta quinta-feira (22).
“A tendência é de que o tempo permaneça quente e abafado, podendo ocorrer chuvas em pontos isolados do Sertão e Alto Sertão. Nas demais regiões poderão ocorrer pancadas de chuvas localizadas. Com isso a temperatura deve baixar um pouco”, informou a meteorologista da Aesa, Carmem Becker.
A expectativa é de que os termômetros fiquem entre 22°C e 35°C no Sertão e Alto Sertão; 21°C e 33°C no Cariri; 20°C e 30°C no Agreste; 20°C e 28°C no Brejo e 24°C e 30°C no Litoral.
“Esse tempo nublado e com temperaturas máximas em torno dos 35°C no Sertão deve se repetir com mais frequência em fevereiro, quando começa efetivamente o período chuvoso da região”, acrescentou Becker.
Para esta quinta-feira (22) em Princesa Isabel a previsão aponta tempo nublado, com pancadas de chuva e muitas nuvens à tarde. À noite, tempo firme. A máxima é de 32º e a mínima de 19º.
SB com AESA/PB

Quantidade de sangue em estoque na PB ainda é crítica, diz hemocentro. Doadores na 11ª região podem doar no Hemonúcleo de Princesa

Após quase zerar o estoque de sangue no mês de dezembro, o Hemocentro da Paraíba continua com pouco sangue armazenado e considera o estado ainda crítico, contou a diretora-geral Sandra Sobreira.
“Em dezembro passamos por um momento difícil, o estoque de sangue na Paraíba quase chegou a zero. Mas com ajuda da imprensa e das mídias sociais conseguimos nos manter. Foram várias campanhas, entrevistas, e isso ajudou com que as pessoas se conscientizem”, disse a diretora. Os tipos sanguíneos O e A+ são os que estão mais em falta.
Sandra explica ainda que houve um aumento no número de doadores no começo deste ano, mas que o estoque continua em estado crítico e que os doadores precisam continuar ajudando, cada vez mais. “As campanhas precisam continuar para chamar novos doadores e que os antigos voltem assim que possível”, diz.
O técnico de enfermagem Antônio Gomes Neto disse que já estava doando pela 4ª vez e que todo ano repete a ação. “Sempre quando está chegando o Carnaval eu doo, é uma época de muitos acidentes e faço pra ajudar o estado”, diz.
Na 11ª região há um Hemonúcleo instalado em Princesa Isabel e que está recebendo doações de segunda a sexta. O Hemonúcleo fica localizado próximo ao Hospital Regional. Contatos: (83) 457-2826
SB com G1PB

IFPB oferece 611 vagas em 33 cursos superiores no 1º semestre de 2015. Há vagas para Princesa Isabel

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) está ofertando 611 vagas em 33 cursos superiores por meio do Processo Seletivo Especial (PSE) para ingresso no 1º semestre deste ano. As inscrições online começaram na segunda-feira (19) e vão até o dia 6 de fevereiro. Veja o edital completo com os anexos e o formulário de inscrição. Para se inscrever, o candidato precisa pagar uma taxa de R$ 5.
Estão disponibilizadas vagas para reingresso de ex-discente do IFPB, para reopção interna de curso, para transferência interinstitucional e vagas para ingresso de graduados. Os cursos estão distribuídos pelos Campi de João Pessoa, Cabedelo, Guarabira, Campina Grande, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Sousa, Cajazeiras e Patos.
É preciso protocolar em qualquer um dos Campi do IFPB o comprovante de inscrição junto com a documentação exigida de acordo com a modalidade que o candidato escolheu e encaminhar para a Comissão Permanente de Concursos Púbicos (COMPEC), que fará a análise documental que é de caráter eliminatório.
A relação dos candidatos inscritos e locais de prova será divulgada até o dia 11 de fevereiro. O Processo Seletivo Especial será feito em uma única fase, constituída de uma prova escrita que será realizada no dia 22 de fevereiro. O prazo para interpor recurso contra o gabarito da prova é no dia 24 de fevereiro.
De acordo com o edital, o resultado das provas será divulgado no dia 12 de março e o resultado final do PSE será divulgado no dia 17 de março.
IFPB

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Confira a previsão do tempo: Quarta-feira será de sol na maior parte da Paraíba

Apesar da prevalência do sol em toda a Paraíba nesta quarta-feira (21), há possibilidade de chuvas isoladas no Sertão e no Alto Sertão, de acordo com a previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). As temperaturas devem variar entre 21º C e 36º C.
No Litoral, as precipitações devem ocorrer apenas durante o período da manhã, com temperatura variando entre 31ºC e 25ºC. "É característico no Litoral, durante essa época, as chuvas noturnas ou durante o amanhecer", afirmou Marle Bandeira, meteorologista da Aesa. "Nos demais dias, a temperatura deve manter a mesma tendência desta quarta-feira. Ela segue nessa média durante todo o verão até a chegada do outono, em março, quando a mínima começa a diminuir", explicou.
O clima mais frio deve ser registrado no Brejo, onde há possibilidade de chuva e os termômetros vão oscilar de 21ºC a 29ºC; na região do Agreste, também com possibilidade de precipitação, a temperatura vai ficar em torno de 22ºC a 30ºC. Já no Cariri e Curimataú, o sol aparece com variação de nuvens e a variação térmica é de a 22ºC 34ºC.
A maior diferença dos termômetros em um mesmo dia será registrada no Sertão e Alto Sertão. O Sertão vai registrar temperaturas que variam de 23ºC a 36ºC. Já o Alto Sertão terá mínima de 22ºC e máxima de 35ºC. Em ambas as regiões estão previstas nebulosidade variada, com possibilidade de chuva em áreas isoladas.
Nesta quarta-feira(21) em Princesa Isabel sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Máxima de 33º e Mínima de 20º.
SECOM PB

Cidades do Sertão poderão ficar sem água, inclusive Princesa Isabel

A situação do Açude de Boqueirão de Piranhas (Engenheiro Ávidos), que abastece os municípios de Cajazeiras, Sousa, Marizópolis, Nazarezinho, São Gonçalo e diversas outras comunidades, atingiu um momento crítico, ao ponto da CAGEPA já está utilizando a reserva intangível do manancial, ou o chamado volume morto. Pelos dados desta terça-feira (20), o Açude está com um volume de 24 milhões 864 mil metros cúbicos, o que corresponde a cerca de 10% da sua capacidade de acumulação, volume este que pode ser menor, segundo os especialistas, já que o cálculo não está levando em conta o assoreamento. A situação é tão crítica que a CAGEPA já diminuiu o volume de captação de água para o abastecimento de Cajazeiras em 25%, em um processo que já vinha sendo controlado, pois de 2013 para 2014 houve uma redução de 12,5 % e, deste dezembro de 2014, a redução passou para 25%.
Princesa Isabel
Em uma situação não menos pior que esta, encontra-se o açude Jatobá II, que abastece Princesa Isabel, e que recentemente atingiu seu segundo pior volume desde que foi construído há quase 50 anos.
Desde a última atualização de dados que aconteceu em dezembro passado, a AESA vem percebendo a diminuição constante do volume do manancial.
De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), o Jatobá II, com capacidade máxima de acumulação de 6.487.200 m³, está com apenas 8,7% do seu volume, isto é, 562.788 m³.
Com o baixo nível do açude, algumas áreas da cidade estão sem água, pois o baixo volume impede a captação e distribuição, principalmente nas áreas mais altas do município.
A previsão é de que as águas do Jatobá favoreçam o abastecimento de Princesa Isabel até março.
SB com AESA/PB

Opinião: SOS MUNICÍPIOS

O ano de 2015 mal começou e a definição de que este será um ano complicado já está fixada. A complicação vem com base no debate econômico em que especialistas e não especialistas veem 2015, um ano no vermelho, em que altos juros impedirão a folga no bolso dos trabalhadores.
Os pequenos municípios e suas dependências de administração municipal terão um ano apertado e com visão de economia e corte nos gastos para evitar um desequilíbrio nos serviços essenciais que precisam ser mantidos.
O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste ano foi de R$ 2 bilhões 198 milhões 956 mil e 058 reais, sendo 28% menor que o primeiro repasse do Fundo feito em dezembro de 2014, em valores brutos e nominais.
Em relação ao primeiro FPM de janeiro do ano passado, o Fundo apresenta redução de 31,5% em termos reais. Enquanto o primeiro repasse do ano de 2014 foi de R$ 4 bilhões em valores brutos, o desse ano está em pouco mais de R$ 2,7 bilhões. Cenário causado pela baixa arrecadação registrada por conta das vendas fracas de fim de ano.
Claro que os rombos da corrupção refletem nessa questão. O país está no vermelho e os motivos todos reconhecem. O fato é que essa redução é muito significativa e os prefeitos devem controlar suas contas para não terem ainda mais problemas financeiros.
Os cortes de despesas do governo federal terão impacto nos entes federados, principalmente nos Municípios.Aqueles que sobrevivem exclusivamente dos repasses então, terão sérios problemas e deverão buscar uma solução nas arrecadações, com a ajuda do cidadão contribuinte, que acaba ‘pagando o pato’ no final das contas.
Com o corte do governo federal, as emendas parlamentares e recursos pleiteados pelos congressistas para suas bases eleitorais que tem destino para as suas respectivas regiões e que são investidos, normalmente, em obras nos Municípios, ficarão impedidas.
Com isso haverá mal estar nos corredores da política, porque em 2015 os apadrinhamentos políticos não funcionarão como antes. Por fim, a advertência é de que em 2015 sérios problemas financeiros os Municípios passarão.
Por isso, mais do que nunca, o planejamento e moderação nos gastos, serão necessários, pois, o fraco crescimento econômico vai afetar também as receitas próprias dos municípios.
Por Sabrina Barbosa.

Paraíba perdeu R$ 522 milhões do fundo de participação dos estados

Um levantamento feito junto à Secretária do Tesouro Nacional (STN) aponta que a Paraíba perdeu (entre o que foi previsto e o que realmente foi repassado) R$ 522 milhões do FPE (Fundo de Participação dos Estados) nos anos de 2012, 2013 e 2014.
Outras unidades da federação enfrentaram o mesmo problema. A queda no repasse das transferências federais tem causado transtornos aos Estados e os governadores exigirão do Palácio do Planalto medidas que compensem tantos prejuízos. Os municípios também padecem com os prejuízos causados pela redução do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).
Na Paraíba, o Governo adotou uma política de economia de guerra, ao extinguir e fundir secretarias e outros órgãos.
Por determinação do governador Ricardo Coutinho (PSB), os gastos com festividades carnavalescas também estão proibidos este ano. É possível que o Governo também feche as torneiras para as festas juninas, já que a situação não é fácil. Semana passada, o governador Ricardo Coutinho anunciou que abriu mão de um aumento salarial que ele tem direito e pediu que os secretários de Estado façam a mesma coisa.
De 2010 para cá, apenas no exercício de 2011 o repasse líquido do FPE foi um pouco maior que a previsão orçamentária. Foi um ano diferente dos três anos seguintes, quando o FPE sempre esteve abaixo da previsão orçamentária, o que proporcionou um déficit de R$ 522 milhões nos anos de 2012, 2013 e 2014.
Diante desse contexto, a tendência é que a queda nos repasses aos Estados e Municípios continue nos próximos meses.
PortalCorreio

Prefeituras paraibanas recebem segundo repasse do FPM de janeiro

Os prefeitos da Paraíba receberam nesta terça-feira (20) o segundo decêndio de janeiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor a ser repassado será de R$ 43,6 milhões brutos para as 223 prefeituras paraibanas. A maior fatia ficará com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), com R$ 5,7 milhões, seguido pela prefeitura de Campina Grande, administrada por Romero Rodrigues (PSDB) e que receberá hoje R$ 1,4 milhão.
No mesmo período do ano passado, o acumulado ficou em R$ 5,289 bilhões. Em termos reais, uma queda de 22,48%.Nestes valores acumulados não constam o extra repassado no dia 8 de janeiro. Este repasse ocorre separadamente porque a Receita Federal tem um programa que parcela as dívidas de vários impostos.
SB com Famup

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Governo federal aumenta impostos para arrecadar R$ 20,6 bilhões

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou nesta segunda-feira (19) medidas de aumento de tributos para reforçar a arrecadação do governo. De acordo com o ministro, o objetivo é obter este ano R$ 20,6 bilhões em receitas extras. A maior arrecadação virá da elevação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre os combustíveis e do retorno da Contribuição para Intervenção no Domínio Econômico (Cide).
O aumento conjunto dos dois tributos corresponderá a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel. O governo espera obter R$ 12,2 bilhões com a alta, que entrará em vigor em 1º de fevereiro.
Por causa da regra da noventena, que estabelece que a elevação de tributos das contribuições só pode entrar em vigor 90 dias depois do anúncio, o governo temporariamente elevará apenas o PIS e a Cofins em R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel. Depois desse prazo, o reajuste do PIS/Cofins cai para R$ 0,12 para a gasolina e para R$ 0,10 para o diesel. A Cide subirá R$ 0,10 por litro da gasolina e R$ 0,05 por litro do diesel.
Alegando não ser responsável pelo preço dos combustíveis, Levy evitou comentar se a medida se refletirá em preços mais altos para os consumidores. “O preço vai depender da evolução do mercado e da política de preços da Petrobras. Essa decisão não é do Ministério da Fazenda, mas da empresa”, declarou. Teoricamente, a estatal tem condições de reduzir os preços nas refinarias para absorver o aumento dos tributos. Isso porque a gasolina e o diesel atualmente estão acima do preço internacional do petróleo.
Além dessa, o ministro anunciou mais três medidas, entre as quais o aumento do IPI sobre os atacadistas de cosméticos. Um decreto vai equiparar o atacadista ao industrial. Até agora, apenas as indústrias pagavam o tributo. Segundo Levy, o objetivo é tornar mais homogênea a incidência do imposto na cadeia produtiva do setor. Com essa medida, o governo pretende reforçar a arrecadação em R$ 381 milhões em 2015.
Outra medida é o aumento do PIS e da Cofins sobre os produtos importados. A alíquota subirá de 9,25% para 11,75%. Levy explicou que a alta foi necessária para corrigir a distorção provocada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que eliminou o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da base de cálculo do PIS/Cofins das mercadorias importadas.
“Com a decisão do Supremo, o produto importado pagava menos PIS/Cofins que o produto nacional”, disse o ministro. O governo espera obter R$ 700 milhões neste ano com os tributos sobre as mercadorias importadas.
Outra decisão diz respeito ao Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) no crédito para pessoas físicas, cuja alíquota dobrará de 1,5% para 3% ao ano. A alíquota de 0,38% cobrada na abertura da operação de crédito está mantida. Dessa forma, o tomador de crédito, que pagava 1,88% ao ano, passará a pagar 3,38%. De acordo com a Receita Federal, o aumento renderá R$ 7,4 bilhões aos cofres federais este ano.

Ricardo faz novas mudanças na Segurança Pública

O governador Ricardo Coutinho segue com os ajustes na equipe para a segunda gestão e voltou a fazer mudanças na Segurança Pública do Estado. As alterações constam na edição de sábado (17) do Diário Oficial. De acordo com a publicação, 15 delegados foram exonerados, sendo que dois deles receberam novos postos de trabalho, e outros sete foram nomeados. Ricardo assina também a nomeação de dois chefes de cartório, bem como de outros seis comissários de polícia e ainda traz alterações na Segurança Penitenciária. O governador mantém a redefinição da equipe desde o início do segundo mandato, com o objetivo de reduzir gastos e apresentar novas propostas para a gestão. Acesse AQUI o Diário Oficial

Ficha limpa criminal poderá ser exigida para receber Bolsa Família

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7849/14, do deputado João Rodrigues (PSD-SC), que inclui entre os pré-requisitos para receber o Bolsa Família a ausência de condenação criminal. O texto altera a Lei 10.836/04, que criou o programa assistencial do governo federal.
Pela proposta, a família beneficiada não poderá ter entre seus membros pessoa condenada a cumprir pena por decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado. Essa proibição é validada da data da condenação ao término do cumprimento da pena e não alcança os delitos de menor potencial ofensivo – crimes com pena máxima não superior a dois anos.
Atualmente, para fazer jus ao benefício, as famílias devem cumprir condicionalidades relacionadas à saúde, como o acompanhamento de crianças menores de sete anos e de gestantes; à assistência social, com o objetivo de erradicar o trabalho infantil; e à educação, como o cumprimento de frequência escolar de 85%. De forma excepcional, no caso de família com adolescente entre 16 e 17 anos, a frequência escolar pode cair para 75%.
De acordo com as normas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a família que descumprir uma das condicionalidades estará sujeita à advertência (no primeiro registro), ao bloqueio do benefício por um mês (no segundo registro), à suspensão por dois meses (do terceiro registro em diante) e ao cancelamento do benefício (após o quinto registro). Essas famílias são identificadas e acompanhadas por gestores locais, para que os descumprimentos sejam resolvidos.
Conforme Rodrigues, a proposta “não retira o caráter preventivo e pedagógico do Bolsa Família, mas previne que a transferência de renda estimule atividades nocivas à segurança”.
A proposta será arquivada pela Mesa Diretora no dia 31 de janeiro, por causa do fim da legislatura. Porém, como o autor foi reeleito, ele poderá desarquivá-la. Nesse caso, o texto deverá ser analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Agencia Brasil

Água Branca e Juru ganham Centro de Atenção Psicossocial

Os municípios de Juru e Água Branca ganharam, na sexta-feira (16), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), do tipo I. As unidades serão administradas pelos próprios municípios, que contaram com a parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no planejamento da rede de atenção psicossocial; na organização e monitoramento, junto aos municípios, além de ofertar suporte técnico para implantação e habilitação dos novos serviços.
Segundo a gerente executiva de Atenção Psicossocial, Shirlene Queiroz, com estes novos Centros, o Governo do Estado cumpre a meta de regionalizar a política de saúde mental, garantindo assistência em todo território. “Dessa forma, evitamos que os usuários tenham que se deslocar para a capital, a procura de atendimento”, disse.
De acordo com Shirlene Queiroz, em 2011, a 11ª Região de Saúde (Princesa Isabel), tinha apenas um CAPS, tipo I, localizado em Princesa Isabel. Atualmente, conta com uma rede de serviços, composta por: um CAPS infanto-juvenil; três CAPS, tipo I; um CAPS álcool e drogas, que funciona 24 horas; uma unidade de acolhimento adulto e uma unidade de acolhimento infanto juvenil.
CAPS - De acordo com a Portaria Nº 3.088, do Ministério da Saúde, de 23 de dezembro de 2011, o CAPS atende pessoas com transtornos mentais graves e persistentes e também com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, de todas as faixas etárias.
Os CAPS figuram entre os mecanismos seguros que o Ministério da Saúde instituiu para a redução de leitos no país, por meio de serviços substitutivos aos hospitais psiquiátricos. Além deles, existe Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Residências Terapêuticas e centros de cooperativa e convivência.
É uma espécie de substituição às internações em hospitais psiquiátricos e tem como maior objetivo tratar a saúde mental de forma adequada, oferecendo atendimento à população, realizando o acompanhamento clínico, e promovendo o acesso ao trabalho e ao lazer, a fim de fortalecer os laços familiares e comunitários.
SB com Famup

Prefeitos do interior do Nordeste pretendem criar G-20 do Semiárido

Prefeitos dos maiores municípios do interior do Nordeste estão se articulando para criar o G-20 Semiárido. O objetivo é levantar as demandas da região para os governos estaduais e federal e buscar alternativas para o desenvolvimento econômico e social do Semiárido. Juntos, esses municípios somam um Produto Interno Bruto (PIB) anual de R$ 50 bilhões e uma população de 4,6 milhões de habitantes. Na Paraíba, vão integrar o G-20 Semiárido, Campina Grande e Patos.
A proposta partiu do prefeito de Petrolina (PE), Julio Lóssio (PMDB), e foi logo apoiada pelo prefeito de Campina, Romero Rodrigues (PSDB), e pelo vice-prefeito de Patos, Lenildo Morais (PT), atual secretário estadual de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido. A prefeita patoense, Francisca Motta (PMDB), disse que ainda aguarda receber o projeto na íntegra do G-20 Semiárido para se pronunciar.
O secretário de Planejamento da Prefeitura de Petrolina, Geraldo Júnior, esteve em Campina esta semana e se reuniu com o titular da Seplan da PMCG, Márcio Caniello, para discutir o projeto. De acordo com Julio Lóssio, o grupo chega com a proposta de promover discussões, entre os gestores e agentes dos governos estadual e federal, na tentativa de buscar alternativas para as dificuldades e impulsionar debates sobre questões políticas relacionadas à promoção da estabilidade financeira, desenvolvimento social e econômico, assumindo responsabilidades individuais e coletivas que irão beneficiar os municípios que compõem o grupo e também toda a região Nordeste.
Com a criação do G-20, o prefeito Julio Lóssio quer promover a integração de municípios da região semiárida com crescimento populacional pujante e potencialidades econômicas crescentes. Além de favorecer o diálogo sobre adoção de políticas que impulsionem avanços, o G-20 pretende dar visibilidade à representatividade dos municípios e diminuir as desigualdades econômicas e sociais dentro e fora do Nordeste.
“Nosso Semiárido tem potencialidades enormes, em diversos eixos econômicos, e a nossa proposta com o G-20 é atrair a atenção do governo federal para esses potenciais e, consequentemente, alcançar mais investimentos e ferramentas para continuar crescendo. Juntos formamos um conglomerado de cidades que são referências para outros municípios e centralizamos serviços disponíveis apenas em grandes centros. Temos capacidade de produzir muito mais e unidos podemos ir mais longe”, argumenta o prefeito Lóssio.
G1PB

Operação Férias realiza abordagens em Catolé do Rocha, Sousa e Princesa Isabel

A Operação Férias, da Polícia Militar, tem reforçado a segurança com a realização de diversas abordagens no interior do Estado. Em Catolé do Rocha, neste fim de semana, foram cumpridos dois mandados de prisão contra um assaltante e um homicida, além da recuperação de veículos.
De acordo com o comandante do 12º Batalhão de Catolé do Rocha, major Douglas Ferreira, todos os dias são realizadas abordagens nos principais pontos da cidade. “Seguindo a orientação do comandante Euller Chaves, temos intensificado ainda mais as nossas ações em Catolé do Rocha. Como resultado disso, temos percebido uma significativa redução nos índices de criminalidade”, destacou.
Ainda de acordo com o major Douglas Ferreira, foram recuperados um carro e duas motocicletas. Dois mandados de prisão contra um traficante e um homicida foram cumpridos. “Essas pessoas já têm um histórico de criminalidade grande e, sem sombra de dúvidas, representavam perigo à sociedade. Por causa das ações da Operação Férias, conseguimos tirá-las de circulação”, disse. Os presos foram Adriano Paz dos Santos, suspeito de assalto aos Correios, e José Sebastião da Silva, suspeito de homicídio.
Sousa - Na cidade de Sousa, foram recuperadas quatro motocicletas e apreendido um revólver. De acordo com o comandante do 14º Batalhão, major Rômulo de Araújo, policiais da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas (Rotam) e do Batalhão de Operações Policiais (BOP) estão sendo empregados diariamente nas ações da Operação Férias. “Temos intensificado as nossas abordagens tanto a pessoas quanto a veículos. O que temos, por conta disso, percebido é que a população tem nos apoiado. Uma prova é o número de denúncias crescente que temos recebido. Estamos reduzindo não apenas os crimes violentos como também os que são mais praticados aqui: os crimes contra o patrimônio”, afirmou.
Princesa Isabel - De acordo com o tenente Fábio Cassiano Guedes, um dos integrantes da Operação Férias em Princesa Isabel, a cidade tem vivenciado um clima de tranquilidade. “Temos reduzido significativamente não apenas os crimes contra o patrimônio, como também os crimes violentos letais intencionais [CVLIs]. Prova desse clima de tranquilidade é que, durante o fim de semana, tivemos apenas a apreensão de uma motocicleta por falta de documentação”, ressaltou.
Operação Férias - A Polícia Militar está reforçando a segurança em todo Estado, nos meses de janeiro e fevereiro, com a Operação Férias, que conta com viaturas extras realizando rondas, policiamento a pé, a cavalo, de moto e em outros processos de locomoção. A Operação Férias vai até o mês de fevereiro.
SECOM PMPB