quinta-feira, 13 de setembro de 2012

MP-PB vai denunciar criminalmente presos na operação Pão e Circo


O Procurador Geral de Justiça do Estado, Osvaldo Trigueiro do Vale revela que as investigações criminais de 35 pessoas envolvidas com o desvio de recursos públicos na contratação de bandas de forró e eventos festivos, presas na Operação Pão e Circo, estão em fase de conclusão e em outubro todos serão denunciados criminalmente à Justiça.

O Procurador Osvaldo Trigueiro do Vale revelou ainda que outras pessoas da quadrilha ainda deverão ser presas nos próximos meses.

O Ministério Público do Estado em parceira com o Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Eleitoral, Controladoria Geral da União e Polícia Federal, o Ministério Público está monitorando todas as movimentações financeiras, gastos com a folha de pessoal nas prefeituras municipais, cada passo dado pelos candidatos a cargos eletivos nas eleições deste ano, inclusive, sobre a compra de votos.

O Ministério Público do Estado e outros órgãos de controle de gastos públicos estão investigando minuciosamente uma prática que tem se tornado muito usual por prefeitos e outros gestores públicos paraibanos que é a locação de carros de luxo, mansões, compra de imóveis e outros bens, que em muitos casos, depois são incorporados como bens pessoais , adquiridos através de recursos públicos.

A revelação foi feita ontem pelo Procurador Geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro ao anunciar para o mês de novembro a realização de um evento nacional em João Pessoa onde a pauta principal será a discussão sobre a lavagem de dinheiro e a corrupção envolvendo gestores públicos.

Reações:

0 comentários: