segunda-feira, 17 de março de 2014

Júri dos policiais acusados pela morte do filho do músico Toinho Delano acontece amanhã.

Vai acontecer nesta terça-feira, dia 18 de março na cidade de Campina Grande, o júri dos 5 PM’s acusados pela morte de Claudio Henrique, filho do músico saxofonista princesense, Toinho Delano. O crime que chocou a cidade de Princesa Isabel à época, aconteceu na noite do dia 26 de junho de 2005, onde Claudio foi morto brutalmente com vários disparos de arma de fogo, pelas costas.
O fato delituoso desenrolou-se a partir da morte do policial José Adeildo, que na mesma tarde, praticou “roleta russa” tirando sua própria vida, situação esta ocorrida na residência de Claudio, localizada no sítio Cedro, em Princesa.
Após a morte do policial José Adeildo, os outros ‘colegas de farda’, foram fazer justiça com as próprias mãos, empreendendo buscas na cidade, com unidade deletiva de matar Claudio, o filho do músico Delano.
Claudio foi morto com vários disparos no centro da cidade, na casa de amigos da família. Das armas utilizadas no crime, da ação policial, a perícia investigativa apreendeu 4 pistolas calibre 40, pertencente a corporação. Pelo menos 12 policiais estavam envolvidos, mas apenas 5 foram apresentados à justiça como suspeitos da morte de Claudio e encaminhados à julgamento, que acontece nesta terça-feira (18) as 8:30h no Fórum de Campina Grande.
Claudio Henrique era filho de Toinho Delano, saxofonista e músico princesense que atuou com vários artistas famosos, como Canhoto da Paraíba e Manoel Marrocos. Ao falar de Claudio, Toinho Delano ainda não consegue segurar a emoção ao descrever a forma brutal como seu filho foi assassinado. A família espera por justiça há 09 anos. Delano e família preparam camisetas e uma caravana que vai à Campina para assistir o julgamento dos PM’s acusados.
SB

Reações:

0 comentários: