quarta-feira, 19 de março de 2014

Profissionais da Saúde de Princesa Isabel participam de capacitação sobre tuberculose e hanseníase

Cerca de 150 médicos, enfermeiros e coordenadores de epidemiologia da 3ª Macrorregião de Saúde, que envolve municípios das áreas de Patos (3ª gerência), Piancó (7ª) e Princesa Isabel (11ª) estão participando de uma capacitação nas ações de vigilância, controle e diagnóstico da tuberculose e hanseníase.
O evento promovido pelo Governo do Estado, através da SES – Secretaria de Estado da Saúde, acontece até esta quarta-feira (19), no auditório da 6ª Gerência de Educação, na cidade de Patos. Nesse encontro, além do trabalho de diagnóstico, os profissionais de saúde recebem orientações sobre o manejo das duas doenças. Uma das grandes dificuldades na atenção básica tem sido a de diagnosticar a tuberculose e os casos são enviados para os hospitais de referência.
Segundo a chefe do Núcleo de Doenças Endêmicas da Paraíba, Mauricélia Holmes, os profissionais da atenção básica não se sentem muito aptos para fazer esse diagnóstico e a SES quer desmistificar isso, já que o exame da tuberculose é fácil, laboratorial, que confirma, através da baciloscopia – análise do escarro do paciente – , se ele possui ou não a doença.
Redação SB com ASCOM SES

Reações:

0 comentários: