quarta-feira, 16 de abril de 2014

Novo salário mínimo será de R$ 779

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias encaminhado pelo governo ontem calcula o reajuste do salário mínimo em 2015 para R$ 779,79. A quantia é 7,71% superior à atual, de R$ 724, um acréscimo em valores reais de R$ 55,79.O aumento apontado para o ano que vem supera percentualmente o ocorrido neste ano, de 6,78%. Pelo Projeto o governo estima que o crescimento da economia em 2015 será de 3%. A inflação em 12 meses, ao final de dezembro, está projetada em 5%. As novas estimativas mostram uma deterioração das expectativas do governo em relação à economia.
Há um ano, quando o governo divulgou a LDO de 2014, a área econômica estimava que o PIB (produção de bens e serviços da economia) teria crescimento de 5% em 2015, com inflação de 4,5%. Para 2016 e 2017, o governo estima expansão do PIB de 4%.O governo federal promete esforço fiscal maior em 2015 do que em 2014, com superávit nominal mínimo de 2% para o próximo ano.

Para este ano, no entanto, a meta de superávit primário das contas do setor público é menor: de R$ 99 bilhões, o equivalente a 1,9 % do PIB. Trata-se de proporção idêntica à obtida em 2013.A meta de superávit primário mínimo para 2015 é de R$ 114,7 bilhões (2% do PIB), diz o documento. Os abatimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) podem ser de até R$ 28,7 bilhões, o que representa 0,5% do PIB.


Reações:

0 comentários: