segunda-feira, 9 de junho de 2014

CNJ revela que a Paraíba tem mais de 100 mil ações criminais pendentes

Com pouca informatização, quantidade reduzida de juízes e estrutura precária, a Paraíba contabiliza mais de 100 mil processos criminais pendentes, segundo relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Na Justiça Criminal da Paraíba não há tempo certo para a realização das audiências de instrução e os processos passam anos para serem julgados. A morosidade prejudica quem luta por Justiça ou está preso provisoriamente esperando julgamento, ao mesmo tempo que beneficia criminosos que estão em liberdade.
O relatório do CNJ mostrou que em 2012 foram recebidos quase 53 mil novos casos criminais. Do total de quase 100 mil, apenas 31.409 receberam sentença, segundo o relatório, que é o mais atual do CNJ sobre tramitação na Justiça criminal do país. A Paraíba ocupa o 14º lugar no ranking de estados com pendências em processos criminais. Levando em consideração apenas os estados agrupados como 'pequeno porte', no qual a Paraíba foi incluída pelo CNJ, o Estado lidera os casos criminais pendentes.

Reações:

0 comentários: