sexta-feira, 27 de junho de 2014

Executiva Estadual do PT aprova aliança com Ricardo

Por 13 votos contra a um, a Executiva Estadual do PT aprovou, na tarde desta quinta-feira (26), a aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e a indicação de Lucélio Cartaxo (PT) como candidato a senador. A decisão ainda será submetida à direção nacional, que se colocou favorável a manutenção da união com o PMDB. No entanto, o presidente estadual, Charliton Machado, disse não acreditar em revés.
“Vamos conversar com a direção nacional e explicar que após a retirada da candidatura de Veneziano houve uma rediscussão da conjuntura. A candidatura de Vital não foi posta para nós , então nós avançamos no diálogo com outros segmentos e fizemos a composição com o PSB”, disse Charliton .
Segundo a Executiva Estadual, não houve uma determinação da nacional para composição com a candidatura do senador Vital do Rêgo, lançada nesta quinta, e sim uma recomendação. Charliton ressaltou que o PT ainda está aberto para dialogar com o PMDB, mas com a intenção de atrair a sigla para essa nova chapa com os socialistas.
Na resolução aprovada durante a reunião da Executiva, o PT afirma que cumpriu de forma correta o seu papel de partido de oposição durante a gestão de Ricardo Coutinho, com a bancada pautando a atuação “com responsabilidade e assumindo o caráter propositivo”. No documento é dito também que a aliança em torno da candidatura do governador servirá para construir um palanque unificado para Dilma Rousseff, a partir da união com PCdoB, PDT e PSD, que integram a base nacional.
O único voto contrário à união com o governador Ricardo Coutinho foi de Almir Nóbrega, que é tesoureiro do PT.
VITRINE DO CARIRI Jhonathan Oliveira (JP Online)

Reações:

0 comentários: