quinta-feira, 24 de julho de 2014

Política de Saúde Mental em Princesa Isabel é referência na região

O Programa de Ações em Saúde Mental está em consonância com as diretrizes da Política Nacional de Saúde Mental, da Política de Atenção aos Usuários de Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde e da Coordenação Estadual de Saúde Mental. Assim, este Programa está alinhado com os princípios da SUS e da Reforma Psiquiátrica. O reconhecimento dos serviços de saúde mental ofertados pela Secretaria de Saúde de Princesa Isabel, vem das cidades vizinhas que copiam e aprovam o modelo de atuação dos CAPS's (AD,Infantil e Transtorno).
Em Princesa Isabel, a atual gestão municipal ampliou os serviços, reformou as unidades, criou o Caps Infantil e Caps AD, oferecendo atenção e cuidado às pessoas em sofrimento psíquico, incluindo os usuários de álcool e outras drogas, propiciando o tratamento humanizado, eficiente e integral à saúde destes usuários.
A Secretária de Saúde, Vitória Augusta, foi recentemente mencionada pelos prefeitos das cidades de Várzea e Tavares por inserir um modelo moderno no tratamento de pacientes com transtornos.
O CAPS AD (Alcool e Drogas) por exemplo, funciona 24h, com refeições, medicamentos, atendimentos, oficinas e recreação. o CAPS Infantil é o único no sertão que aplica a modalidade escolar, ou seja, além dos atendimentos clínicos de praxe, há uma parceria com a Secretaria de Educação para colaborar ainda mais no desenvolvimento mental da criança usuária do serviço.
Princesa Isabel, tem a saúde em destaque e para a Secretária Vitória, com a entrega do Tomógrafo e de mais unidades de Saúde da Família, que serão entregues em breve, a comunidade princesense poderá reconhecer ainda mais os esforços da gestão municipal em tornar o município excelência em serviços públicos.
ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: