segunda-feira, 14 de julho de 2014

PSDB terá maior tempo no guia eleitoral na Paraíba

Fechadas as alianças partidárias e caso o cenário atual das coligações venha se concretizar, das seis chapas que irão disputar o Governo do Estado à encabeçada pelo senador Cássio Cunha (PSDB) é a que terá mais tempo na propaganda eleitoral gratuita do rádio e da TV. A coligação “A vontade do povo” conseguiu o apoio de 14 partidos (PSDB/PEN/PR/PTB/PSD/SD/PMN/PPS/PT do /PTN/PRB/PSDC/PSC/PP), com isso os tucanos conseguiram a soma de 7 minutos e 13 segundos para apresentar as propostas de governo aos paraibanos.
O levantamento foi realizado para o Correio pelo economista e consultor de pesquisa e mercado Maurício Romão, com base na representação dos partidos no Congresso Nacional, de acordo com a legislação eleitoral.
Caso o PSB que tem o governador Ricardo Coutinho disputando à reeleição consiga manter o apoio do PT, ficará com o segundo maior tempo no guia eleitoral. Os socialistas fecharam um arco de aliança com 11 partidos (PSB/PT/PDT/DEM/PRTB/PV/PRP/PSL/PCdoB/PHS/PPL) e abocanharam 5min e 49seg.
Sem o PT, a coligação perderá 2min e 44seg e ficará com o terceiro maior tempo (3min e 32seg) perdendo a segunda posição para a coligação “Renovação de verdade”, encabeçada pelo PMDB que tem o senador Vital do Rêgo disputando o Palácio da Redenção. Sozinha, a legenda tem 3min e 5seg. Com o reforço do PT passará para 5min e 23seg.
A briga pelo apoio dos petistas está sendo analisada pelo Tribunal Regional Eleitora (TRE-PB). A direção estadual do PT selou aliança com o PSB durante a convenção do partido indo de encontro à determinação da direção nacional da legenda que pediu a anulação da união perante a Justiça Eleitoral e determinou o apoio ao PMDB. O TRE tem até o dia 05 de agosto para julgar o caso.
Em seguida vem o Pros com 1min e 35seg, o Psol com 1min e 12seg e o PSTU com 1min e 7seg. Os candidatos a governador desses partidos são, respectivamente, o deputado federal Major Fábio, o servidor público Tárcio Teixeira e o professor Antônio Radical. A propaganda eleitoral no rádio e na TV começa no dia 19 de agosto e vai até o dia dois de outubro.
O presidente do PSDB e candidato a vice-governador, deputado federal Ruy Carneiro, declarou que em uma disputa eleitoral como a que se apresenta no Estado, quem tem mais tempo de propaganda no rádio e na TV terá a oportunidade de mostrar mais. Ele disse ainda que esse tempo também será utilizado para fazer a defesa de Cássio Cunha Lima dos ataques dos adversários.
VitrinedoCariri

Reações:

0 comentários: