sexta-feira, 15 de agosto de 2014

ACS e Técnicos de Enfermagem da Atenção Básica de Princesa Isabel e Manaíra participam do Projeto Caminhos do Cuidado

Está sendo realizado em Princesa Isabel um Curso de Capacitação para os Agentes Comunitários de Saúde e técnicos de Enfermagem da rede de atenção básica. É o projeto "Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental" ( Crack, álcool e outras drogas) ofertado às cidades da 11° Gerência Regional de Saúde ( Imaculada, Água Branca,Juru, Tavares, Princesa Isabel, São José de Princesa e Manaíra).
As tutoras responsáveis pela capacitação são as profissionais princesenses Dra Fabiana de Araújo Medeiros Diniz - Enfermeira, e Dra Kércia Araújo Medeiros de Souza - Psicóloga. Segundo Fabiana, o Caminhos do Cuidado é um Projeto do Ministério da Saúde em parceria com os estados e municípios de todo o Brasil. Atualmente estão sendo capacitados 290 mil ACS em todo o território brasileiro. Uma quarta turma iniciou os trabalhos nesta quinta-feira (14)em Princesa Isabel recebendo ACS e demais profissionais da Atenção Básica da cidade de Manaíra e parte de Princesa Isabel.
" Já fizemos a capacitação até agora na cidade de Tavares, Água Branca e Imaculada. No momento estamos na 4° turma que é a cidade de Manaíra e parte de Princesa Isabel. Em breve estaremos atingindo mais profissionais da 11ª região." Destacou Fabiana Medeiros, enfermeira e tutora do Projeto.
Os alunos participantes recebem um kit contendo: bolsa, caderno, caneta, blusa e o projeto disponibiliza ainda almoço, lanches e transporte para os alunos de outras cidades.
A Psicóloga e Tutora do Projeto Kércia Medeiros explicou que "o Projeto “Caminhos do Cuidado” se configura na ‘Formação de agentes comunitários de saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem da saúde da família – saúde mental ênfase em crack, álcool e outras drogas’ visando melhorar a atenção ao usuário e seus familiares, por meio da formação e qualificação dos profissionais da Rede de Atenção Básica à Saúde." Kércia lembrou que são 60 horas de aula de capacitação com 5 encontros presenciais.
“Os profissionais chegam aqui com um olhar e depois ultrapassam barreiras e aprendem a lidar melhor com os usuários de drogas, sejam licitas ou ilícitas. O importante é respeitar todos e acolher cada um com respeito e atenção. Nossa meta é qualificar e humanizar os atendimentos oferecidos a este público”, destacou Dra Kércia.
O Tema Saúde Mental e do uso prejudicial de álcool e outras drogas é, sem dúvida, um desafio permanente para usuários, familiares e sociedade. O estado tem papel fundamental no fortalecimento de políticas públicas que deem suporte para o cuidado nesta temática.Neste sentido foi pensado um processo de formação para os trabalhadores da Atenção Básica, a partir do cotidiano de trabalho e das práticas e vivências de cada um no seu território.
" Este curso foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida profissional e pessoal este ano.Cresci como ser humano, ajudar ao próximo é gratificante e maravilhoso,faz bem para a alma." Finalisou Fabiana Medeiros.
SB

Reações:

0 comentários: