segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Garantia Safra beneficia 6.411 agricultores do Cariri e Sertão. Princesa Isabel aguarda laudo.

Desde quinta-feira (14), alguns municípios da Paraíba, localizados nas regiões do Cariri e do Sertão, e que primeiro se organizaram quanto as informações do Seguro Safra 2014, já aparecem na relação do Diário Oficial da União. Quinze municípios das regiões do Cariri e do Sertão paraibanos já constam na relação do Diário Oficial da União. A lista corresponde as Prefeituras que preencheram as informações do Seguro Safra 2014 dentro do prazo estabelecido.
No Cariri as cidades contempladas foram: Amparo - 236 beneficiados Congo - 587 beneficiados, Coxixola - 298 beneficiados, Gurjão - 460 beneficiados, Monteiro - 1.629 beneficiados, Santo André - 529 beneficiados, São João do Cariri - 577 beneficiados, São Sebastião do Umbuzeiro - 590 beneficiados, Zabelê - 261 – beneficiados.
Com o Programa, o Governo Federal irá investir cerca de R$ 5.449.350 milhões e num total serão beneficiadas 6.411 famílias. A partir desta segunda- feira (18), os agricultores poderão receber o Garantia Safra que este ano será no valor de R$ 850, dividido em cinco parcelas de R$ 175 cada.
O pagamento deve ser feito em uma agência da Caixa Econômica Federal ou correspondente bancário, dentro do prazo. Ao todo, são 6.411 famílias de agricultores beneficiadas, o que totaliza um investimento de R$ 5.449.350 milhões injetados no setor rural pelo Governo Federal.
O Garantia Safra este ano será no valor de R$ 850, que será dividido em 5 parcelas, no valor de R$ 175 cada. Trata-se de um benefício social vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário e tem por objetivo garantir renda mínima a agricultores de localidades atingidas sistematicamente por situação de emergência ou calamidade.
Tem direito ao benefício, agricultores que tiveram perdas de, pelo menos, 50% da produção. A indenização é paga em até 5 parcelas mensais, por meio de cartões eletrônicos da Caixa. Princesa Isabel aguarda o laudo técnico para dar início à reunião com os agricultores da cidade.
FAMUP

Reações:

0 comentários: