sábado, 30 de agosto de 2014

Princesa Isabel receberá reforço policial para as eleições

Cerca de 48% do efetivo das Polícias Militar e Civil será comprometido com a segurança das eleições gerais de outubro. De acordo com o Plano Integrado de Segurança para as eleições 2014, um total de 4.560 dos 9.450 policiais militares do Estado atuarão exclusivamente no pleito, enquanto 900 dos 1.800 policiais civis também assumirão essas funções. Somando com 1.200 bombeiros e 250 policiais federais, ao todo aproximadamente 6.850 policiais entre militares, civis, federais e bombeiros integram o Plano de Segurança, elaborado pela Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Seds) e divulgado ontem em reunião fechada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).
Este ano, as Guardas Municipais também irão atuar de forma preventiva no pleito. Os planos das polícias Civil e Militar prevêem um aumento do efetivo e centros de comando com canais de integração e informação das polícias com a Justiça Eleitoral. A Polícia Federal vai instalar 15 polos estratégicos instalados em 15 municípios, com equipes que atenderão aos chamados dos municípios circunvizinhos.
E a Polícia Rodoviária Federal também colocará seu efetivo trabalhando na Operação Eleições em todo o Estado, especialmente nos municípios cortados por rodovias federais. A assessora de Ações Estratégicas da Seds, Cassandra Duarte, garantiu que a Segurança Pública vai estar presente em todos os 223 municípios e que as maiores cidades irão receber maior apoio da Polícia Civil.
Segundo o superintendente da PF no Estado, Nivaldo Farias, o efetivo foi distribuído em cidades polos, considerando os casos de crimes eleitorais ocorridos em pleitos anteriores, a população e distância das três sedes da instituição localizadas em João Pessoa, Campina Grande e Patos. Receberão reforço da PF: Mamanguape, Sapé, Itabaiana, Guarabira, Solânea, Cuité, Monteiro, Princesa Isabel, Itaporanga, Sousa, Catolé do Rocha e Cajazeiras.

Reações:

0 comentários: