sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Ação que pede cassação de RC tem prazo de dez dias para defesa

Teve andamento no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que pede a cassação dos diplomas do governador Ricardo Coutinho (PSB) e sua vice eleita, Lígia Feliciano. A ação foi movida pela Coligação ‘A vontade do povo’. O corregedor Regional Eleitoral, juiz Tércio Chaves de Moura, concedeu um prazo de dez dias para que os dois apresentem defesa das acusações de conduta vedada e abuso de poder político.
Dentro desse prazo, o corregedor requereu que seja informada à Justiça Eleitoral a lista de das ambulâncias repassadas às prefeituras nesse ano, período em que havia a disputa eleitoral.
O estado terá que informar também as datas da entrega e da assinatura dos convênios relativos ao Pacto do Desenvolvimento Social e a cópia do procedimento licitatório que originou a aquisição das ambulâncias através do referido pacto no corrente exercício.
VitrinedoCariri

Reações:

0 comentários: