quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O embate começou: Disputa pela Presidência da Assembleia começa a esquentar

Pelo menos três nomes estão sendo especulados para a disputa da presidência da Assembleia: o atual presidente Ricardo Marcelo (PEN), além de Tião Gomes (PSL) e Edmilson Soares (PEN). Mas, também correm por fora os novos eleitos Buba Germano, Ricardo Barbosa e Estela Bezerra (PSB). A própria Estela já afirmou que o governador Ricardo Coutinho será contra a recondução de Ricardo, o Marcelo.
Quais as chances reais de cada um? O governador não fez maioria na Casa. A maioria foi eleita no guarda-chuva do candidato Cássio Cunha Lima (21 a 22 deputados). Mas, se RC quiser, poderá ter. Ainda durante as eleições, ele chegou a afirmar que bastava uma “gratificação de R$ 300 mil” para ter qualquer deputado. Seguindo essa linha de raciocínio, então poderá ampliar sua base.
Mas, se não conseguir atingir a maioria, Ricardo Marcelo terá grandes chances de se reeleger. Ou pode ser que Coutinho opte por situação intermediária, em vez de disputar no voto, apoiando um candidato mais ao centro, entre cassistas e ricardistas, porém simpatizante de seu Governo. Poderia ser um deputado do PMDB ou do PT, com algum trânsito entre as duas facções, em condições de se eleger.
Finalmente, talvez ache conveniente “ir pro pau” e bater chapa mesmo, então talvez apresente Tião Gomes, Estela ou até o próprio Ricardo Barbosa, que representam a chamada linha dura ricardista. A disputa poderá ser sangrenta, nestas circunstâncias.
JPB

Reações:

0 comentários: