segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Embate eleitoral de 2016 já é articulado em Princesa Isabel.

Na Paraíba é assim: quando uma campanha para governador ainda está no segundo turno, as lideranças políticas definem seus apoios para um ou outro candidato já pensando no que podem ganhar no futuro governo e, principalmente, na campanha seguinte para prefeito e vereador. Em 20 municípios do Estado (os maiores colégios eleitorais), a campanha para prefeito em 2016 foi antecipada e andou paralelamente com a de governador no segundo turno.
Mas não só nas grandes cidades, no interior o cenário foi também de previsão para 2016 com os resultados das eleições para governador. Em Princesa Isabel, por exemplo, o resultado das urnas deixou animados muitos políticos. Nos bastidores, o nome do médico e empresário Aledson Moura (PSB) é bastante cogitado e possivelmente será o indicado pelo partido do governador Ricardo Coutinho, em 2016 na cidade, tudo graças ao resultado das últimas eleições, em que o Governador em Princesa Isabel ganhou com uma maioria significativa em cima do candidato Cássio, apoiado pela gestão atual.
Mesmo com a derrota para governador, o grupo do PSDB afirma que o resultado das últimas eleições não prevalece até 2016 e que nomes como o de Flora Diniz (PSDB) ainda permanece na preferência em Princesa, segundo os últimos números apresentados durante a disputa como Deputada Estadual.
Mas nomes novos poderão surgir, e poderão movimentar ainda mais a política local. O nome de Dr. Rivaldo (PSOL) é cogitado e tem força na disputa como principal opositor das ideias do grupo do PSDB. No grupo do PMDB, o nome de Rosana Pereira, neta do Coronel José Pereira e mãe do ex prefeito Thiago Pereira, tem peso. No grupo do PCdoB o nome de Ricardo Pereira permanece na preferência.E no setor empresarial há nomes como o de Zé Casusa que prometem ter influência em 2016.
Enfim, o cenário político de 2016 além de renovador, será sem dúvidas, com muitas surpresas.
SB

Reações:

0 comentários: