quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Escândalo na Petrobrás já é considerado o maior caso de corrupção do país

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro Augusto Nardes, considera o escândalo da Petrobras como o maior caso de corrupção do Brasil.Para o ministro, o esquema supera de longe o mensalão, compra de apoio a parlamentares da base de apoio ao governo Lula, e o caso do Banco do Estado do Paraná (Banestado), que envolveu remessas ilegais de divisas para o exterior, na segunda metade da década de 1990. Sem mesmo saber do desdobramento da operação Lava Jato, que apura esquema de lavagem de dinheiro que desviou 10 bilhões de reais da Petrobras, Nardes estima que a corrupção na estatal ultrapasse os 20 bilhões de reais. Diante de tal cenário, o TCU realiza, hoje, o “Pacto pela Boa Governança: Um Retrato do Brasil”. A ideia é apresentar um diagnóstico sobre importantes temas do Brasil, como saúde, educação, previdência social, segurança pública e infraestrutura. “Enquanto não melhorarmos a governança, será difícil combater a corrupção”, garante Nardes.

Reações:

0 comentários: