sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Paraíba realiza Dia D de combate à dengue. Princesa Isabel investe em panfletagem na feira livre deste sábado.

O 'Dia D' de combate à dengue, que será realizado em nível nacional, está previsto para acontecer em diversas cidades da Paraíba hoje e amanhã. A iniciativa, desenvolvida por secretarias municipais de Saúde e pelo governo do Estado, vai mobilizar tanto equipes dos órgãos, quanto a população. A ideia é intensificar a conscientização das pessoas quanto à prevenção da doença, evitando a proliferação de criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti, e aos cuidados durante o tratamento, caso haja infecção com o vírus.
De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Waldson Souza, o diferencial nas ações deste ano é a atenção aos riscos da febre chikungunya, transmitida pelo mesmo mosquito vetor da dengue. “Este 'Dia D' é um chamamento estadual e queremos fazer isso com a ajuda de todos os gestores municipais. É muito importante que haja a organização para que tenhamos reduções nos casos, sobretudo da dengue”, comentou.
Conforme informações da Secretária de Saúde de Princesa Isabel, Vitória Augusta, os Agentes de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde estarão reforçando o Dia D, com uma mobilização na feira livre deste sábado, 06 de dezembro. Estarão distribuindo panfletos bem como farão orientações à população nas abordagens em diversos pontos da cidade. As UBS's ( Unidades Básicas de Saúde) também estarão abertas com equipes para dar suporte à campanha.
“Vamos dar esse apoio em Princesa, mesmo sendo um dos poucos municípios que apresentou baixa incidência para a doença. Mas achamos necessário para manter essa ordem, que campanhas e mobilizações continuem sendo feitas." Destacou Vitória. Vitória comemorou o número que mostra Princesa Isabel como livre da doença, onde em 31 casos suspeitos, apenas 2 foram confirmados este ano.
A secretária de saúde ainda frisa que ACS e de Endemias passaram por capacitações sobre a febre chikungunya e estão todos aptos a dar informações precisas à população.
Segundo o coordenador dos Agentes de Endemias, Ednalvo Aniceto (Esquerdinha),as equipes de agentes de endemias intensificarão o trabalho em suas respectivas áreas de atuação, com visitas domiciliares, entrega de panfletos educativos e repasse de outras orientações importantes.
SB/ ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: