quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Secretário faz avaliação dos trabalhos em 2014 na pasta da Agricultura

O Secretário de Agricultura, José Ivonildo, fez um balanço das ações de 2014 desenvolvidas pela secretaria. Com avaliação positiva, Ivonildo disse que a Prefeitura conseguiu apesar das dificuldades, garantir subsídios aos agricultores como a distribuição de ração animal, construção de poços nas comunidades rurais, instalação da CONAB que continua entregando produtos subsidiados, sempre com o posto abastecido, com soja, milho e sorgo, entre outras ações, ajudando economicamente ao criador com a manutenção do rebanho.
A instalação de um posto da Conab no município foi uma das grandes ações da Secretaria, que conseguiu cessar o deslocamento dos produtores até a cidade de Patos, para comprar a ração subsidiada. A Conab é mantida pelo município de Princesa Isabel, com funcionário, estrutura física, energia, internet, garantindo atendimento de agricultores da região.
Ivonildo falou também do abastecimento nas comunidades rurais que continua sendo mantido pela Prefeitura, onde 40 cisternas são abastecidas com águas da Serrinha, através de pipeiros que são mantidos pelo município. Uma novidade é que Princesa Isabel conseguiu através de projetos cadastrar mais áreas e esta semana serão construídas 21 cisternas nas áreas rurais da cidade.
Sobre o Garantia safra, Ivonildo explicou que este ano o subsídio não será repassado para Princesa Isabel. Somente dois municípios da região da Serra do Teixeira, foram contemplados por terem registrado volumes de chuva inferiores aos demais municípios.
O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Seca já decretou que Princesa Isabel não sai o benefício este ano. Os laudos que foram feitos pelos técnicos da Emater, com base aos depoimentos dos agricultores, atestaram que não houve perca da safra em Princesa Isabel.
Também junto aos laudos foi encaminhada a pluviometria deste ano no município, que foi considerada regular, com a média de 1000 milímetros. Os agricultores informaram durante a investigação dos laudos, que houve a produção esse ano, sem perca de safra. Dessa forma os técnicos da Emater aplicaram essa informação no laudo de maneira coerente e com essa informação o seguro foi cancelado.
Os agricultores que produzem acham melhor a produção, do que a perca. Mas ivonildo alerta para um fato, pois na cidade há pessoas que conseguem se infiltrar no programa, apesar de toda a fiscalização feita pela secretaria e esses são os que polemizam e torcem para que a chuva não venha para ganhar o beneficio de forma ilegal. Esses são os falsos produtores que conseguem com donos de terras o contrato de arrendamento mas não plantam. O Garantia Safra é um seguro e só é liberado se houver a perca de 50% do plantio. Em Princesa houve a produção satisfatória segundo as informações dos produtores.
SB
ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: