quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Prefeituras são investigadas por mau uso de máquinas do PAC 2

A Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário da Paraíba (DFDA-PB) iniciou, nesta terça-feira (10), uma operação para apurar denúncias do mau uso de máquinas doadas pelo Governo Federal, através do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2), para algumas cidades paraibanas.
Segundo a assessoria de imprensa do órgão, prefeitos e vereadores estariam usando os equipamentos para benefícios próprios em propriedades privadas.
Conforme nota divulgada pela Delegacia, as diligências começaram pelos municípios de Santo André, Areial, Barra de Santa Rosa e Sobrado, mas outras localidades receberão a fiscalização policial.
As próximas fiscalizações serão realizadas no Vale do Piancó e Alto Sertão. Caso a denúncia seja verdadeira, o prefeito receberá uma advertência e poderá ter as máquinas confiscadas.
Através do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o Governo Federal já beneficiou 219 municípios paraibanos, que possuem mais de 50 mil habitantes, com equipamentos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O kit entregue para as prefeituras é formado por uma retroescavadeira, uma motoniveladora, um caminhão-caçamba, uma pá carregadeira e um caminhão-pipa, resultando em um investimento de aproximadamente de R$ 1,5 mi.
Jornal da Paraíba

Reações:

1 comentários:

Anônimo disse...

O ideal seria que o governo debitasse as despesas aos prefeitos.
Estas maquinas são para ser usadas...
I - dotar os municípios brasileiros de equipamentos necessários para abertura, manutenção e
recuperação de estradas vicinais e em obras para melhoria da convivência com situações de seca e
estiagem;
II - fomentar a produção dos agricultores familiares e assentados da reforma agrária por meio
da melhoria nas condições de logística e escoamento da produção;
III - melhorar as condições de mobilidade no meio rural, proporcionando melhor qualidade de
vida e segurança; e
IV - garantir o acesso à água para a população e animais por meio de obras que auxiliem na
convivência com a seca e estiagem.
Todos assinaram os termos e sabem disso...