quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Secretaria de Saúde faz mobilização para combater Aedes Aegypti em Princesa Isabel

A Secretaria de Saúde de Princesa Isabel, através da Coordenação da Atenção Básica, está realizando durante essa semana uma mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor do Chikungunya e da Dengue. As ações estarão ocorrendo nas Unidades Básicas de Saúde.
Segundo o Coordenador Juanito Florentino, a Semana de Combate a Dengue vai trabalhar com palestras orientando que combatendo o Aedes, previne-se o Chikingunya e a dengue. Nas UBS serão distribuídos cartazes alertando a população sobre mecanismos para acabar com os criadouros do mosquito.
A secretária Vitória Augusta, informa que a campanha vai orientar a população sobre as ações que podem ser executadas para evitar a doença. “Assim como o combate à dengue, a prevenção ao vírus Chikungunya exige um forte adesão da população, principalmente no que se refere à eliminação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti nas residências. E a parceria com as Unidades Básicas é uma forma de convocar a população para iniciar uma guerra contra as duas doenças”.
O Agente Comunitário de Saúde, Augusto Rodrigues disse que é importante a população participar.“O envolvimento da população é essencial porque em Princesa os principais criadouros do mosquito Aedes aegypti são encontrados no lixo acumulados no fundo dos quintais e nos depósitos de armazenamento de água para o consumo, como caixas d’água. Como o mosquito leva de sete a dez dias para nascer, a pessoas devem fazer a verificação e eliminação dos criadouros pelo menos uma vez na semana dentro de suas casas”, explica Augusto.
As medidas de proteção são as mesmas para o controle da dengue, ou seja, verificar se a caixa d’ água está bem fechada; não acumular vasilhames no quintal; verificar se as calhas não estão entupidas; e colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas do tipo.
SB/ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: