quinta-feira, 9 de abril de 2015

João Henrique cobra adutora do Pajeú junto ao congresso

O deputado estadual João Henrique (Democratas) anunciou, nesta quarta-feira (8), que vai mobilizar a bancada paraibana no Congresso Nacional para desenvolver ações em favor do município de Princesa Isabel, “que vive à beira de um colapso total no abastecimento de água da cidade”. Entre elas, estão a antecipação da segunda etapa da Adutora do Pajeú, “que beneficia Princesa Isabel com uma obra já licitada desde o fim de 2013, cuja empresa vencedora foi a MRM Construtora Ltda, da Bahia”.
O parlamentar explicou que obra, orçada em torno de R$ 4 milhões, “compreende um sistema adutor de tubulação fechada, numa extensão de apenas 18 quilômetros, que traria a água da transposição via Flores, município pernambucano que tem limites com Princesa Isabel na divisa entre os dois estados”.
Ele relatou que o açude Jatobá II, que abastece Princesa Isabel, registra seu pior nível desde que foi construído, há quase 50 anos. “No último monitoramento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba [Aesa],no dia 20 de março último, o reservatório está com apenas 3,3% de sua capacidade total, o que corresponde a 214, 236 m³, volume que, se não chover, dará para, no máximo, dois meses de consumo”.
João Henrique alertou “ainda que as chuvas caídas no município no primeiro trimestre de 2015 foram insuficientes para a recarga mínima do reservatório, cujo nível continua caindo dia a dia, sem a perspectiva animadora de uma estação chuvosa regular”.
“Pra ser ter uma idéia do quadro de pré-calamidade vivido pela população princesense, em março deste ano choveu apenas 143,8 milímetros, menos da metade do que choveu no mesmo período do ano passado, que acumulou 291,5 mm, inclusive chovendo nas cabeceiras do manancial”, comparou.
“Em março de 2014, o Jatobá II, cuja capacidade máxima de acumulação é de 6.487.200 m³, registrava, segundo a AESA, 1.079.550 m³, o equivalente a 16,6% do seu volume total”, acrescentou.
João Henrique disse que os 12 deputados federais e os três senadores da bancada paraibana no Congresso Nacional “serão comunicados, acionados e cobrados por mim a fazerem, cada um, cobranças sobre a questão nas tribunas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal”.
“Também irei mobilizar a Assembleia Legislativa, como 1º vice-presidente da Casa, inclusive através da Frente Parlamentar da Água, para debater e cobrar a extensão da adutora do Pajeú , de forma a garantir a segurança hídrica da população de Princesa Isabel, estimada em mais de 22 mil habitantes”, assegurou.

Reações:

0 comentários: