quarta-feira, 29 de abril de 2015

Moradores são detidos no Sertão da Paraíba por furto de energia elétrica

Duas pessoas já foram detidas por furto de energia durante uma operação conjunta da Energisa e da Polícia Civil na cidade de Patos, no Sertão paraibano. De acordo com os órgãos, elas foram levadas para a delegacia, mas em seguida foram liberadas.
Os contadores das suas casas apresentavam irregularidades. A operação deve durar 15 dias, e passará pelas cidades de Tavares, Princesa Isabel, Água Branca e Imaculada, segundo a Energisa. Funcionários da empresa estão fiscalizando os contadores de energia de cada residência, além de verificar a medição nos postes de energia elétrica.
Caso haja irregularidades, os donos das propriedades serão detidos.O furto de energia em Patos gera a perda de 5.500 megawatts por hora, que podiam atender 3.500 casas, conforme a companhia. Esse prejuízo é de R$ 1.985.478,77 ao ano. Desse total, R$ 337.531,39 deixam de ser recolhidos pelo estado.
G1PB

Reações:

0 comentários: