quarta-feira, 8 de abril de 2015

Prefeitura elabora decreto de calamidade e busca apoio para soluções imediatas de combate a seca em Princesa Isabel.

Conforme previsão da ANA (Agência Nacional das Águas) e da AESA, o açude Jatobá II em Princesa Isabel chega a seu estado limite com dias marcados para seca total. Diante da dura realidade com o abastecimento comprometido, a Prefeitura de Princesa Isabel, montou uma força tarefa, através de um comitê especial, composto pelas secretarias de Meio ambiente , Infraestrutura e Administração, representadas pelos secretários Ivonildo Fernandes, Valmir Pereira e Thiago Pereira, respectivamente, para buscar alternativas para enfrentar o grave problema que afeta a população geral bem como altera e prejudica diversos serviços públicos, como escolas e PSF’s.
Segundo Thiago Pereira, a gestão pôs em prática seu plano de ação emergencial, na busca de possibilidades para enfrentamento ao problema. Nesta quarta-feira(08) aconteceu uma reunião com o representante do DNOCS, Fernando, para tratar especificamente da realidade do Jatobá II. “Porém, vale salientar que o Jatobá está secando aceleradamente, e não tem como interver de nenhuma forma, por isso a gestão municipal precisa de alternativas imediatas para enfrentar esta dura realidade do município.” Destacou Thiago.
Partindo para outras esferas, a gestão atual conseguiu mediante o Deputado Aguinaldo Ribeiro, uma audiência com o Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que está marcada para a próxima quarta-feira em Brasília, onde neste encontro, o prefeito Dominguinhos e o Secretário de Administração Thiago Pereira deverão apresentar as particularidades do município de Princesa com relação a situação hídrica .
Dessa forma, nesta quinta-feira (09) haverá uma reunião com integrantes da Coordenação Municipal de Defesa Civil, e com Conselho Municipal de Defesa Civil que tem representantes da Câmara de Vereadores e membros da sociedade civil. Estes representantes estarão se reunindo para conhecimento técnico da realidade do município. Na oportunidade deverá ser elaborado um parecer técnico do Conselho e um parecer fotográfico para ser encaminhado ao Ministro da Integração.
Na próxima segunda-feira (13) dando continuidade a pauta de encontros, está marcada também uma reunião com a AESA em João Pessoa para tratar do problema hídrico de Princesa. A gestão municipal está articulando todos os órgãos e gestores de águas nas esferas estaduais e federais para mostrar a realidade do município e para que se busquem soluções imediatas a curto, médio e longo prazo.
Thiago Pereira citou a questão da Adutora do Pajeú, que como solução de médio prazo vai trazer água do São Francisco para Princesa, pois o canal tem uma saída para o município com ligação pela cidade de Flores PE, onde falta apenas a execução da obra que já foi licitada e contratada.
Outra solução citada pelo Secretário de Administração seria a construção de um novo açude. “Já tem a previsão do local, com duas opções a serem estudadas que aí sim atenderia as necessidades do município, mas é uma obra de longo prazo.” Destacou Thiago.
“O problema é imediato e segundo as estimativas da Cagepa Local, provavelmente nos próximos 10 dias, a cidade estará sem água. Por isso há uma exigência por parte da gestão do município para que os pareceres sejam feitos com agilidade para que o Ministro tenha consciência plena da situação de Princesa.” Afirmou Thiago Pereira.
Baseado nisso, o Prefeito de Princesa Isabel, Dominguinhos (PSDB), estará publicando um Decreto de calamidade pública, que já foi elaborado pelo corpo técnico do município, e será divulgado e publicado nesta quinta-feira (09). A prefeitura estará documentada para que o Ministério atenda às solicitações imediatas, podendo dessa forma deslocar recursos que serão utilizados na contratação de carros pipa de forma emergencial, que abastecerão as caixas d’águas que a prefeitura vai adquirir e distribuir em pontos específicos de todos os bairros da cidade. Com o decreto de calamidade, o município espera suprir as dificuldades imediatas, no combate à estiagem. O Prefeito Dominguinhos (PSDB) disse que a gestão estará estudando várias medidas para tentar melhorar a qualidade de vida da população.
SB/ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: