segunda-feira, 27 de abril de 2015

UPA de Princesa Isabel recebe visita técnica da Secretaria Estadual de Saúde

O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, vem intensificando o acompanhamento na rede de emergência hospitalar da Paraíba. Através de visitas técnicas, a Secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath vem avaliando Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e Hospitais Regionais.
A UPA 24h de Princesa Isabel, recebeu a visita de Roberta Abath e sua equipe da SES que verificaram in loco a estrutura do serviço prestado na Unidade. Algumas recomendações foram feitas para melhorar ainda mais o desempenho das atividades de emergência, mas segundo a Secretária, a Unidade de Pronto Atendimento de Princesa Isabel possui um padrão de serviço de muita qualidade e é uma das melhores do estado com uma organização interna que serve de referência.
A Diretora Administrativa da UPA de Princesa Isabel, Dra Alany Moura, disse ter ficado feliz com a visita da equipe da Secretaria Estadual de Saúde, que ao chegar de surpresa conheceu um pouco da rotina de atendimentos e a qualidade dos serviços prestados na unidade. “É muito importante para um gestor ter o reconhecimento do trabalho prestado, ainda mais quando se fala em saúde. Ela elogiou a estrutura e qualidade do nosso serviço e isso é muito importante para que a nossa equipe gestora da UPA tenha a certeza de que estamos no caminho certo”, comentou a Diretora Alany Moura.
Alany Moura destacou ainda que todos os usuários e pacientes que chegam à Unidade se sentem agradecidos ao Governo do Estado por ter oportunizado à população princesense com este importante serviço de saúde. “ Conhecemos de perto o modelo administrativo de Ricardo Coutinho, e o bem estar dos usuários é sempre prioridade na sua gestão.” Frisou.
A UPA 24h de Princesa Isabel foi confiada à ABBC ( Associação Brasileira de Beneficência Comunitária) , Organização Social (OS) que administra todos os serviços da Unidade e que consegue implantar em seus serviços humanização e excelência no atendimento à saúde.
ASSESSORIA

Reações:

0 comentários: