terça-feira, 26 de maio de 2015

Ex Prefeito de Água Branca possui débito milionário no TCE

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) julgou, de janeiro a abril, as contas de 64 prefeitos e ex-prefeitos. Desses, 15 foram reprovados e, juntos, já somam uma dívida de R$ 12.021.561,82 milhões. O valor é referente à imputação de débitos e multas por conta da desaprovação das contas dos gestores, que deverão devolver o montante aos cofres públicos. Uma média de quase um milhão de reais por cada gestor.
A maior imputação de débito aplicada pelo órgão este ano foi de R$ 4.275.147,16 milhões. A dívida é da ex-prefeita de Piancó, Flávia Serra Galdino, que não comprovou gastos realizados em 2012.
O ex-gestor do município de Água Branca, Aroudo Firmino, também está com um débito milionário com a prefeitura. Despesas não comprovadas no ano de 2012 fizeram com que o TCE reprovasse as contas do ex-prefeito, que agora deve devolver R$ 1.414.869,66 milhão aos cofres públicos.
Tiveram as contas reprovadas este ano os prefeitos de Barra de São Miguel, Pilõezinhos, Natuba e Caaporã. Além deles, os ex-prefeitos de Pitimbú, Queimadas, Remígio, Sapé, Ingá, Catingeira, Coremas, Gurinhém, Água Branca e Juru também não passaram pelo crivo da Corte de Contas.
TCE/PB

Reações:

0 comentários: