quarta-feira, 13 de maio de 2015

Rede de Atenção Psicossocial de Princesa Isabel realiza Semana Municipal da Luta Antimanicomial.

Durante esta semana, a Rede de Atenção Psicossocial de Princesa Isabel realiza diversas atividades alusivas a Semana Municipal da Luta Antimanicomial. O objetivo é estimular a integração social e familiar e mostrar as formas de tratamento oferecidas no município, bem como divulgar os avanços da reforma psiquiátrica. Em Princesa Isabel, a Prefeitura através da Secretaria de Saúde mantém serviços como CAPS I, CAPS INFANTIL, CAPS AD, UAA ( UNIDADE DE ACOLHIMENTO ADULTO)e UAI (UNIDADE DE ACOLHIMENTO INFANTIL), com equipes de médicos psiquiatras, enfermeiras, terapeuta ocupacional, psicólogo, assistente social, técnicos em enfermagem, instrutora de habilidades manuais, auxiliar administrativo, de serviços gerais e coordenador.
A Rede de Atenção Psicossocial de Princesa Isabel prossegue até a sexta-feira (15) com as atividades multidisciplinares da "IV Semana da Luta Antimanicomial". As atividades visam favorecer o processo de compreensão sobre a luta antimanicomial, o desenvolvimento de atitudes de autoestima dos pacientes e a vivência em grupo.
Nesta quinta-feira (14) haverá um seminário regional com o tema "Prevenção de Suicídio", na Câmara de Vereadores às 08h.
A programação segue com rodas de conversa, palestras e orientações nos espaços da Rede. Segundo Dra Cristina Pereira, Coordenadora da Rede de Saúde Mental de Princesa Isabel do CAPS AD, o objetivo da Semana Municipal da Luta Antimanicomial vivenciada em Princesa Isabel é intensificar o agrupamento dos pacientes com diferentes transtornos psicossociais ao meio social interno e externo e aprimorar habilidades e competências através das atividades produtivas em grupo com orientação e acompanhamento especializado. "o trabalho consiste em reeducar, reinserir e reabilitar os pacientes para melhorar a vida de cada um em relação à família e à sociedade em geral." Frisou Dra Cristina.
SB/ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: