quarta-feira, 3 de junho de 2015

Cinco municípios na região de Princesa estão classificados em epidemia de dengue.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou, nesta terça-feira (2), Boletim Epidemiológico da dengue e chikungunya, referente ao período de 1º de janeiro a 28 de maio. Nesse período, foram notificados 11.914 casos suspeitos de dengue na Paraíba, sendo que menos da metade foram confirmados – 4.105 casos; e 1.680 foram descartados. Em relação ao mesmo período do ano passado, o número de óbitos confirmados teve uma redução de 80%, caindo de cinco para um óbito. Nesse intervalo, foram notificados sete casos suspeitos de febre chikungunya.
Dentre os casos confirmados nessa 21ª semana epidemiológica de início de sintomas, 46 deles foram classificados como dengue com sinais de alarme, sendo 12 casos de dengue grave. Outros 6.129 casos estão sendo investigados.
Apesar do aumento do número de casos notificados em relação a 2014, quando foram registrados 4.115 casos no mesmo período, o boletim revela uma redução no percentual de casos confirmados. Enquanto esse ano observa-se 34,46% de casos confirmados, em 2014 esse percentual foi de 48,41%, com 1.992 casos confirmados. Outros 918 casos registrados no ano passado seguem em investigação. Atualmente, 68 municípios paraibanos (30,49%) estão classificados em epidemia de dengue, conforme preconiza o plano de contingência da Paraíba, ou seja, coeficiente de incidência (número de casos/100 mil habitantes) acima de 300%. Entre eles: Água Branca, Juru, Manaíra, Princesa Isabel, Tavares e Teixeira, ambos no Alto Sertão.
Óbitos – Apenas um óbito por dengue foi confirmado, no município de Alhandra. Oito mortes seguem em processo de investigação – uma em Alhandra; outra em São João do Rio do Peixe, uma em Guarabira, uma em Sousa e quatro em João Pessoa, aguardando o resultado do laboratório do Instituto Evandro Chagas – IEC, no Pará, e seguem acompanhados pela área técnica e municípios, conforme preconizado pelo protocolo do Ministério da Saúde.
Febre de Chinkungunya – Na Paraíba, até a 21ª Semana Epidemiológica, foram notificados sete casos suspeitos de febre, nos municípios de Pombal (1), Alhandra (1), Campina Grande (1), Umbuzeiro (2), Coremas (1) e João Pessoa (1), sendo cinco deles descartados e dois em processo de investigação, aguardando resultado.

Reações:

0 comentários: