terça-feira, 23 de junho de 2015

Com seca prolongada na Paraíba 39 cidades estão sem água nas torneiras. Princesa Isabel é uma delas.

Os dados são preocupantes. A seca prolongada na Paraíba já fez vitimas 39 cidades que não mais contam com água nas suas torneiras. O governo federal já decretou no final de maio estado de calamidade pública em 27 municípios paraibanos, mas a estiagem se prolonga é outras 64 cidades já entraram em racionamento. E com o prolongamento da seca, mais três cidades do Estado entraram em colapso, este mês: Teixeira, Matureia e Boa Ventura. Com essas três, segundo a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), já chega a 39 o número de localidades onde não chega mais água nas torneiras de seus habitantes. Atualmente, segundo o último relatório da Cagepa, 37 cidades estão em alerta e 66 municípios, oito distritos e um povoado seguem em racionamento. A seca que se estende há quatro anos na região pode ser comprovada em números e no nível baixo dos mananciais. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), a capacidade hídrica da Paraíba é de 3,7 bilhões de m³, mas atualmente conta com apenas 755 milhões de m³. Ou seja, hoje o Estado usa apenas 20,1% dos seus mananciais.
Entre as cidades que já não mais tem nem um pingo de água nas suas torneiras estão: Teixeira e Matureia; Princesa Isabel; Triunfo; Bananeiras; Solânea; Cacimba de Dentro, Dona Inês e Damião
Situação de emergência - A portaria da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, órgão do Ministério da Integração Nacional, foi publicada recentemente no Diário Oficial da União reconhece a situação de emergência em 27 dos 223 municípios paraibanos devido aos efeitos da seca.

Reações:

0 comentários: