quarta-feira, 24 de junho de 2015

Mais de 20 cidades na Paraíba ficarão sem recursos do Fundo especial

23 cidades paraibanas não irão receber recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), conforme previa à Medida Provisória 668 que foi vetada pela presidente da República, ( Dilma Rouseff.
As cidades prejudicadas são as seguintes: Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alagoinha, Araçagi, Areia, Belém, Borborema, Cuitegi, Duas Estradas, Guarabira, Juarez Távora, Lagoa de Dentro, Massaranduba, Matinhas, Mulungu, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Serra da Raiz, Serra Redonda, Serraria, Sertãozinho.A decisão foi publicada na manhã desta terça-feira (23) no Diário Oficial da União.
Pela emenda, as cidades localizadas no Agreste da Paraíba passariam a ser inseridas na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Eles passariam a ser considerados semiárido, desconsiderando tanto as questões climáticas quanto as diretrizes de política de desenvolvimento regional, permintindo a atração de mais recursos para os municípios. Porém, por entender que esta liberação aumentaria as despesas do FNDE, a matéria foi vetada pela presidente.
SB/ ParaibaonLine

Reações:

0 comentários: