segunda-feira, 27 de julho de 2015

Câmara de Vereadores de Juru realiza audiência para tratar de abastecimento de água e carros pipas no município

A Câmara de Vereadores de Juru, através da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, realizou junto às autoridades municipais, uma audiência pública a fim de tratar de assuntos relacionados ao uso das águas dos Açudes Timbaúba e Glória II.
Na oportunidade, foi discutido com os presentes, a indiscriminada retirada das águas do Açude Timbaúba sem nenhuma regulamentação, através de carros pipas.
O motivo determinou na decisão de baixar um Decreto, de autoria do Poder Executivo Municipal, com o objetivo de coibir a utilização indevida e limitando a retirada do precioso líquido do manancial que abastece à cidade, com o pensamento de poupar as águas.
Para garantir a segurança das águas e coibir a prática de retirada ilegal do líquido, foi sugerido na audiência que fosse cavada uma profunda vala a fim de impedir a passagem de carros pipas. Atitude esta semelhante a tomada pelo prefeito de Tavares.
Em seguida, foi discutida a possibilidade de retornar o abastecimento de Juru para o Açude Glória II, que se encontra com capacidade suficiente para atender a demanda da população.
Na ocasião também foi debatido o uso de água para consumo, no que diz respeito aos plantios irrigáveis que recentemente estão sendo feitos em propriedades arrendadas no Sítio Glória para plantadores da cidade de Teixeira - PB, sendo usados defensivos agrícolas sem nenhuma fiscalização, cujas águas correm para dentro do Açude Glória II, ainda não contaminadas, mais que poderão ficar, se nenhuma providência for tomada pelas autoridades competentes.
Ao final da reunião, após ampla discussão, ficou decidido que um relatório sobre tão preocupante assunto será entregue ao prefeito Luis Galvão a fim de que sejam tomadas as medidas cabíveis, da mesma forma que seria formada uma Comissão para solicitar audiência e formalizar denúncia perante o Ministério Público na Comarca de Água Branca à cerca dos abusos e atitudes indevidas por parte daqueles que fazem mal uso dos mananciais da cidade.
SB

Reações:

0 comentários: