terça-feira, 28 de julho de 2015

Desperdício da água na Paraíba é de 36,7%, afirma superintendente da Cagepa. Consumo exagerado e sem fiscalização foi o problema de Princesa Isabel.

O superintendente da Cagepa, Marcos Vinicius, afirmou que o desperdício de água na Paraíba é de 36,7% e pediu ajuda da população para reverter esse quadro.

A declaração aconteceu logo após reunião entre o Governo do Estado, Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn) e a própria Cagepa.
Municípios como Princesa Isabel chegaram a ter escassez de água no reservatório hídrico por motivos de consumo exagerado e sem fiscalização. Assim como Princesa Isabel, outros 17 municípios tem tido consumos acima do aconselhável pela capacidade hídrica de mananciais.
Na reunião também foi discutida a problemática da manutenção dos açudes que são cuidados pelo DNOCS, como em Princesa Isabel. O Açude do Jatobá II é de responsabilidade do DNOCS - Ministério da Viação e Obras Públicas Nacional de Obras Contra as Secas com capacidade para 7.000.000 m³ com profundidade de 20m e uma extensão de coroamento de 340 e largura máxima de 100m .
A construção do Jatobá II foi iniciada em Dezembro de 1964 e concluída em Dezembro de 1966, hoje com 49 anos de existência. Sem manutenção dos órgãos competentes, o açude perdeu sua formação inicial, tendo prejuízos por conta do alargamento e armazenamento das águas.
Ainda na reunião foi apresentado as principais causas de desperdício de água que acontece de três formas: físico, fraude e faturamento. O desperdício físico acontece na forma de vazamentos, canos rompidos, etc. A fraude acontece na ilegalidade de alguns consumidores e a faturamento acontece a partir de um problema na leitura.
No caso de Princesa Isabel, com as novas obras da Cagepa e da Estação de Tratamento, alguns desses problemas serão sanados. Está acontecendo a troca da tubulação e canos, bem como serão instalados novos medidores e todas as residências de Princesa receberão os aparelhos.
SB

Reações:

0 comentários: