sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Aledson Moura comemora números positivos da UPA de Princesa Isabel. Em um ano já foram mais de 31 mil atendimentos

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Princesa Isabel completa um ano neste sábado (26). De setembro de 2014 a agosto de 2015, foram registradas 31.706 consultas médicas de urgência e emergência, 15.336 exames de patologia clínica, 6.228 exames de radiologia, 5.049 atendimentos sociais e 362 pequenas cirurgias. Em comemoração à data, a unidade está promovendo, de quarta-feira (23) até esta sexta-feira (25), palestras, gincanas de saúde, apresentações artísticas e realização de exames.
Sob a Coordenação e orientação do Médico Aledson Moura, que é Diretor Clínico da Unidade, a Unidade é conceituada em todo o Estado, servindo do referência. Esta é a primeira vez na história política de Princesa Isabel, que um órgão público é confiado a alguém que não seja referenciado pelo grupo Pereira ou Diniz.
“Temos muito a comemorar nesta data, pois a implantação da UPA foi um divisor de águas para a saúde da população da região de Princesa Isabel. Foi o melhor presente que o Governo do Estado poderia dar à população”, disse a coordenadora administrativa da UPA, a biomédica Maria Alany de Sousa.
A UPA de Princesa Isabel, classificada como porte I, funciona 24 horas e está habilitada a atender uma população de aproximadamente 82 mil habitantes dos municípios de Água Branca, Flores (PE), Juru, Manaíra, Nova Olinda, Pedra Branca, Princesa Isabel, São José de Princesa e Tavares.
De acordo com a classificação de risco, os pacientes prioritários são identificados pelas cores vermelha, atendimento imediato e com risco de morte; amarela, atendimento rápido em até uma hora; verde, caso pouco urgente, que pode aguardar até duas horas; e azul, não urgente, sem risco, podendo aguardar até quatro horas.
De abril a junho de 2015, foram 7.972 atendimentos, sendo 82 na área vermelha; 758 na área amarela; 2.434 na área verde e 4.698 na área azul. A UPA tem nove leitos: quatro na área vermelha, dois na área amarela, um no isolamento e dois na clínica pediátrica.
Estrutura – A UPA de Princesa Isabel possui três consultórios médicos; uma sala de acolhimento com classificação de risco; uma sala de atendimento a paciente crítico/grave (vermelha); uma sala de atendimento (assistente social); uma sala de curativo e sutura; uma sala de inalação; duas salas de observação, uma adulto e uma pediátrica; uma sala de raio x; uma sala amarela; um laboratório e sala de coleta de exames; uma sala de aplicação de medicamentos e reidratação; uma farmácia; um Centro de Material e Esterilização; uma CAF; um refeitório; dois DML e dois MOP.
A unidade tem 104 servidores, entre eles, 20 técnicos de enfermagem, 17 médicos e dez enfermeiros e funciona na rua Alfredo Carlos da Costa, s/nº, centro, de Princesa Isabel.
SB/SECOM PB

Reações:

0 comentários: