terça-feira, 22 de setembro de 2015

Festa da Mandioca movimenta Princesa Isabel e atrai milhares de pessoas à comunidade Lagoa de São João

A Festa da Mandioca, que movimenta intensamente a Comunidade da Lagoa de São João, por 3 dias a cada ano, também impulsiona a economia local, estimulando setores da produção da mandioca que têm alta procura no Mês de setembro, motivada pela festa. O turismo e o setor de serviços, principalmente, são os que ganham com a festa, gerando cifras significativas também para a cidade de Princesa Isabel.
As 13 Casas de Farinha da região de Princesa Isabel tiveram um excelente faturamento este ano com produtos comercializados da produção de mandioca, na 13ª Edição da Festa da Mandioca, tradicional na comunidade de Lagoa de São João. A tradicional Festa da Mandioca, da Comunidade de Lagoa de São João, município de Princesa Isabel, se fortaleceu ao longo dos anos graças a parcerias de diversas instituições. Uma delas, o SEBRAE, foi fundamental na garantia de produção de qualidade e organização econômica dos produtores.
Em 2009, junto ao SEBRAE , os produtores da mandioca de Lagoa de São João entraram para o projeto de Mandiocultura na Serra do Teixeira e ganharam mais apoio para o evento.
Com o trabalho do SEBRAE junto aos produtores, a mandioca da Lagoa de São João se expandiu, vendendo para estados de São Paulo e Ceará, promovendo a qualidade de vida, gerando renda e motivando os mandiocultores a permanecerem no campo.
Hoje, segundo dados atualizados da Emater com base no IBGE, são 80 hectares de mandioca em Princesa Isabel, 50 hectares em Tavares, 50 em Juru, e mais hectares em outras áreas pequenas, que juntas somam em 256 hectares de mandioca na região. Na comunidade de Lagoa de São João, existem 06 casas de farinha com 120 produtores.
Segundo o Orientador Técnico da Emater Regional de Princesa Isabel, Ronaldo, a produtividade da raiz da mandioca das comunidades Lagoa, Cedro, Macambira e Moça Branca, é considerada a maior do Nordeste, chegando a ser comparada com a produção da região sul. A qualidade da farinha também é destaque, pelo cheiro, sabor e consistência.
Na Lagoa de São João, os produtores conseguem 12 toneladas por hectares, mas este ano, a produção já chegou a 20 toneladas. Com a organização dos produtores e suas respectivas Associações Rurais, a Festa da Mandioca cresceu. Para o presidente da Associação dos Pequenos Produtores de Lagoa de São João, Audecy Nunes, o acompanhamento do SEBRAE ao longo dos anos foi fundamental para o aprimoramento da produção e o desenvolvimento da cultura da mandioca.
O Analista Técnico do Sebrae, Ferdinando Félix, fala que o trabalho do Sebrae não se restringe a questão da festa, “ele tem todo um apoio técnico na parte da produção, melhoramento do solo, na parte de correções, para que os produtores possam ter produtos de qualidade e uma maior produtividade da raiz e da farinha.” Destacou.
Segundo Ferdinando, “o SEBRAE traz palestras, cursos, que agregam valor à produção da mandioca em cada uma das comunidades de produção. Já trouxe instituições de PE, RN, Universidades e Institutos de pesquisa para contribuir no melhoramento produtivo da mandioca. Também o SEBRAE levou os produtores de Lagoa de São João para Cruz das Armas na Bahia, onde é o centro de referencia da produção da mandioca, no intuito de ajudar a melhorar o desempenho dos produtores.”
“Os técnicos do Sebrae acompanham os produtores na roça, passando informações que possam contribuir com a parte produtiva. O SEBRAE é parceiro há 12 anos da Festa da Mandioca, cujo momento é de celebração para mostrar o valor dos produtos que na Comunidade Lagoa de São João são produzidos.” Destacou o Gerente do SEBRAE Patos, Aldo Nunes.
Para a equipe do SEBRAE , a Festa da Mandioca é uma celebração que divulga na região e nos estados vizinhos, a cultura da mandioca de Princesa Isabel. O evento se torna importante na propagação dessa cultura que tem um valor econômico grande para as comunidades de Lagoa, Cedro, Macambira e Moça Branca. “A cadeia produtiva da mandioca hoje em princesa Isabel é de uma evolução muito grande. Tem casas de farinha modelo aqui.” Disse o Analista Técnico do Sebrae, Ferdinando Félix. Após a realização da festa, o apoio técnico do SEBRAE continua, na parte de orientação empresarial aos produtores. O SEBRAE trata a mandiocultura de Princesa Isabel, como um empreendimento rural, por isso há uma continuidade de trabalhos, voltado ao acompanhamento técnico, orientação, realização de oficinas de campo na parte de atendimento e na parte de Controle Financeiro.
Ferdinando destacou ainda que já tem outras oficinas programadas logo após período pós Festa da Mandioca. “Temos agendado a seguir com os produtores, oficinas na parte de Gerenciamento da Atividade da Casa de Farinha e na questão de Custos da Produção. Continuamos com nosso trabalho de orientação financeira e tecnológica ao longo do ano.” Finalizou.
XIII Festa da Mandioca.
O município de Princesa Isabel realizou de 18 a 20 de setembro, a XIII edição da Festa da Mandioca. O evento é realizado com a parceria da Emater, Associação Comunitária dos Pequenos Produtores de Lagoa de São João, Sebrae, Câmara dos Dirigentes Lojistas local, Banco do Nordeste, Banco do Brasil , Senar, Prefeitura Municipal de Princesa Isabel e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB).
O evento contou com excelente infraestrutura de standes e barracas e cerca de 4 mil pessoas participaram dos três dias de evento. Na abertura, várias apresentações culturais aconteceram, além de palestras e cursos, oferecidos pelo Sebrae e Emater, como: Biscuit, Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, Atender bem no campo e Controlar Meu Dinheiro no Campo.
Na programação do sábado (19), houve atendimento aos produtores por técnicos do Sebrae, desfile do Rei, Rainha e Princesa da festa e shows musicais com Neno do Acordeon e Pisada Federal.
Na manhã deste domingo (20) cerca de 200 cavaleiros e amazonas participaram da 7ª Cavalgada, cuja concentração aconteceu na Praça Nominando Diniz e seguiu em direção à Lagoa de São João. O grupo de ciclismo Princesa Bike também participou da Festa da Mandioca, com trilha com destino à Lagoa. O encerramento teve apresentação cultural e show musical.
Por Sabrina Barbosa/ Matéria Especial para o SEBRAE

Reações:

0 comentários: