quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Prazo para isenção da taxa do PSCT 2016 é prorrogado até 11 de setembro

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) prorrogou o prazo para solicitação de isenção da taxa de inscrição no Processo Seletivo para os Cursos Técnicos Presenciais (PSCT 2016). O prazo que terminava nesta sexta-feira (4) foi prorrogado para o dia 11 de setembro.
Quem tiver direito à isenção da taxa deve fazer a solicitação no Protocolo das unidades do IFPB. Em 22 de setembro, é divulgada a lista de quem conseguiu a gratuidade. Ainda há prazo pra interpor recursos nos dois dias seguintes, se for negado. No dia 30, sai o resultado final. Para quem não tem direito à isenção, a taxa de inscrição é no valor de R$ 50 (Integrado) e R$ 40 (Subsequente). Todas as orientações estão no edital nesse link, junto com formulários e acesso à área online de inscrição. São 3.660 vagas, sendo 1.815 vagas para o Ensino Médio Integrado ao Técnico e 1.845 para os cursos técnicos subsequentes (para quem já concluiu o nível médio). A entrada é para os cursos presenciais no ano de 2016.
A inscrição no PSCT vai até 2 de outubro. As provas serão em 8 de novembro. As vagas são ofertadas em Cabedelo, Campus Avançado Cabedelo Centro, Cajazeiras, Campina Grande, Guarabira, João Pessoa, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel, Sousa e nos novos campi de Catolé do Rocha, Esperança, Itabaiana, Itaporanga, Santa Rita e no campus de Mangabeira, na Capital.
A previsão é que o resultado final para as provas seja divulgado até 21 de dezembro. A prova para o ensino subsequente é de Língua Portuguesa e Matemática em nível de ensino médio. Já para o Integrado ao Médio será de Língua Portuguesa, Matemática, Geografia e História em nível fundamental. Metade das vagas é destinada para Egressos de Escolas Públicas. O IFPB reserva 5% das vagas para pessoas com deficiência. O PSCT 2016 tem suas vagas divididas também conforme cotas que levam em conta a identidade étnica e a condição econômica familiar. Em Sousa, há reserva de 20% das vagas para quem vive em assentamentos da reforma agrária.
Os cursos ofertados são Experimental em Náutica, Automação Industrial, Segurança do Trabalho, Cuidados de Idosos, Meio Ambiente, Recursos Pesqueiros, Transporte Aquaviário, Pesca, Edificações, Eletromecânica, Informática, Manutenção e Suporte em Informática, Mineração, Petróleo e Gás, Contabilidade, Eletrônica, Eletrotécnica, Equipamentos Biomédicos, Mecânica, Secretariado, Instrumento Musical (cerca de 10 instrumentos), Controle Ambiental, Geologia, Agropecuária e Agroindústria.
No IFPB, o estudante tem acesso a estágios e bolsas de pesquisa e de extensão. Comprovada a carência financeira, o estudante pode contar com assistência moradia, alimentação e transporte durante o período de aulas.

Reações:

0 comentários: