quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Bancários da PB iniciam greve por tempo indeterminado

Os bancários da Paraíba iniciaram greve nesta terça-feira (6). A paralisação atinge tanto bancos públicos quanto privados e, segundo os sindicatos representativos da categoria, cerca de 4,5 mil bancários devem cruzar os braços, mantendo apenas o número mínimo de funcionários exigido por lei. A categoria reivindica 16% de reajuste salarial, mas os bancos ofereceram 5,5%. Uma vez iniciada a greve, devem funcionar apenas os serviços de autoatendimento e a compensação de cheques e depósitos, realizados pelos 30% dos bancários que, por lei, devem continuar trabalhando.
Com a greve dos bancos começando nesta terça-feira (6), os consumidores que tenham contas a pagar e necessitem de serviços bancários precisam ficar atentos aos procedimentos que devem ser utilizados para que não haja juros, nem acúmulo de dívidas.
Por enquanto nossa orientação é de que os consumidores paguem suas contas através de meios alternativos como o caixa eletrônico, o correspondente bancário e a internet para evitar uma possível cobrança de juros e multa caso exista atraso.
Mas, independente de qualquer situação, os bancos têm responsabilidade com a sociedade consumerista e não podem deixar os consumidores na mão, sem alternativas de pagamento e acumulando dívidas.
As contas podem ser pagas em casas lotéricas ou com leitura do código de barras nos caixas eletrônicos ou pela internet. O débito automático também é uma opção para pagamento em dia.
Já para substituir depósitos, caso não haja envelopes nas agências ou os caixas não tenham essa opção liberada durante a greve, o cliente pode utilizar a transferência convencional entre contas do mesmo banco, o que pode ser feito pelo caixa eletrônico ou pela internet.//

Reações:

0 comentários: