terça-feira, 3 de novembro de 2015

Operação carros-pipa pode sofrer redução

O presidente da Frente Parlamentar da Água e deputado estadual licenciado, Jeová Campos (PSB) se reuniu nesta quinta-feira (29), com o chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Wesley de Almeida Felinto, em Brasília, para se inteirar da notícia de que pode haver redução na operação carros-pipa.
Atualmente, 169 municípios da Paraíba são atendidos pela operação através de 1.175 pipeiros contratados pelo Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro (Coter).
“Quero acreditar que a presidenta Dilma vai encontrar uma solução para não prejudicar a operação Carros-pipa, porque do contrário, é no mínimo um contra senso do Governo Federal reduzir essa ação, porque ela é desproporcional a realidade que vivenciamos, com áreas cada vez mais secas, agravada pela ausência de chuvas e prolongamento da seca. Ao invés de reduzir, precisamos ampliar a oferta de carros-pipa no Estado”, destaca Jeová.
Ele lembra que, atualmente, cerca de 2 milhões de paraibanos tem nos carros-pipa a única fonte
de água potável para abastecimento de cisternas e caixas d’água que suprem as necessidades básicas do dia a dia.
Na Paraíba, o governo federal argumenta que já há uma ajuda extra do Governo Estadual, o que praticamente cobriria as necessidades da população. Dos 223 municípios da Paraíba, 22 estão em colapso, ou seja, sendo abastecidos apenas por carros-pipa, outros 25 estão em estado de alerta e mais 91 passam por rigorosos programas de racionamento.

Reações:

0 comentários: