quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Prefeito de Manaíra garante obras no município mesmo diante da crise

Casas populares, Quadra Esportiva e outras obras são vistas em Manaíra.
O prefeito de Manaíra Zé Simão, depois de anunciar medidas de contenção de despesas como enxugamento da folha por causa da crise, disse que continua investindo recursos em diversas obras consideradas fundamentais para o desenvolvimento da cidade. A gestão do prefeito Zé Simão tem mantido o necessário equilíbrio financeiro das contas e por isso continua trabalhando e levando obras importantes para a comunidade manairense.
Em uma demonstração de que o desenvolvimento social é necessário, o Prefeito Zé Simão informou que as obras de construção das 40 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida já estão concluídas. Os beneficiários aguardam atenciosos a data do sorteio da entrega das chaves que deverá ser anunciado em toda a imprensa regional.
Zé Simão adianta ainda que as obras de construção de mais de 30 casas de alvenaria na zona rural serão iniciadas este mês. O projeto criado por sua gestão visa substituir casas de taipas por casas de alvenaria com o intuito de reduzir casos da doença de Chagas no município, "além de beneficiar famílias carentes que não possuem condições financeiras para construir uma casa melhor."Destacou o Prefeito.
Segundo Zé Simão o projeto das Casas é conveniado com o Governo Federal e contemplará as comunidades Pinheira, Soturno, Catolé, Barbosa e principalmente a comunidade Fonseca onde todas as casas de taipas serão substituídas.
MAIS CONSTRUÇÕES
Provando ser um governo eficiente que não cansa de trabalhar pela população, Zé Simão falou que as obras de construção da Quadra Esportiva da Escola Municipal Profº Cícero Rabêlo Nogueira foram retomadas. A obra que atende a uma parceria entre município e Governo Federal, deverá ser entregue e inaugurada até dezembro. A quadra será utilizada exclusivamente pelos alunos da escola municipal para práticas esportivas e eventos escolares.
A prefeitura de Manaíra através da Secretaria de Infraestrutura informou que as obras de reconstrução do sangradouro do Açude da Fortaleza foram concluídas na última semana de outubro. O gestor Zé Simão explica que mesmo diante das dificuldades financeiras e do momento de contenção de gastos, "trata-se de uma obra de extrema necessidade e não poderia esperar mais tempo, porque com a chegada das chuvas a infiltração no sangradouro antigo poderia comprometer a parede podendo ocorrer um desastre, causando no mínimo um enorme prejuízo a comunidade". Destacou Zé Simão.
Durante a reforma o sangradouro foi transferido para o outro lado do açude enquanto o antigo era inviabilizado e a parede recebeu um reforço extra.
SB

Reações:

0 comentários: