quinta-feira, 19 de novembro de 2015

TRE deve julgar hoje ação que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba começa a julgar na sessão desta quinta-feira, que começa às 14 horas, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que pode cassar o mandato do governador Ricardo Coutinho por abuso de poder econômico.
O governador é acusado de realizar ações coordenadas de renúncia fiscal em ano eleitoral para se beneficiar com a reeleição para o cargo. A Aije Fiscal como ficou conhecida, foi movida pela coligação A Vontade do Povo, que teve como candidato a governador, o senador Cássio Cunha Lima, do PSDB.
No processo, os advogados apontam renúncia fiscal com perdão de dívidas relativas ao IPVA e ICMS, por exemplo, além de distribuição de ingressos de futebol com ampla divulgação na mídia. A renúncia fiscal beneficiou mais de milhares de pessoas, o que, segundo os advogados da coligação, desequilibrou a disputa eleitoral.
O senador Cássio Cunha Lima, que disputou a eleição com Ricardo Coutinho, afirmou que espera que a Justiça Eleitoral não use dois pesos e duas medidas, cobrando o mesmo rigor que sofreu quando teve seu mandato cassado pela Corte eleitoral em 2007.
Já o candidato a vice na chapa de Cássio e presidente do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, disse que aguardará o resultado do julgamento com serenidade e confiante de que a Justiça será firme e exemplar para coibir abusos cometidos por candidatos que usam a máquina administrativa em benefício próprio, “como fez o governador Ricardo Coutinho”.
ParaibaJa

Reações:

0 comentários: