sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Por Rena Bezerra: OS ROÇADOS DE JANEIRO, EM SÃO JOSÉ DE PRINCESA

O nosso poeta sãojoseense Rena Bezerra está sempre de olho nas chuvas e escrevendo sobre o fenômeno que mais alegra o sertanejo. As boas precipitações na região de São José de Princesa tem mudado o cenário e agricultores já começam a ter esperança de uma boa colheita ainda nesse semestre.
Veja o que descreve Rena Bezerra:
O Mês de janeiro foi sem sombra de dúvida um mês chovedor, um mês que fazia tempo que se tinha visto, dezembro de 2015 entregou o chão molhado e janeiro de 2016 não decepcionou, até o dia 24 choveu exatos 302mm, muita chuva que segundo os mais lembrados dos sertanejos, só se viu um mês assim em 1994, por tanto a 32 anos. Com tanta chuva não seria diferente a mudança na paisagem do sertão, o caboclo foi logo correndo e tratando de fazer a sua rocinha, meteu feijão de corda e milho logo nas primeiras pancadas de chuva, não deu outra, taí o retrato que faz encher os olhos do povo do sertão de esperança e felicidade, uma roça com as plantações viçosas e prometendo que na semana santa já tem feijão de corda maduro para fazer a mistura do peixe que já é tradição na mesa santa da semana de fartura.

Reações:

0 comentários: