sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Secretaria de Saúde de Princesa Isabel intensifica ações de combate ao mosquito Aedes

A preocupação com a proliferação do mosquito Aedes Aegypti transmissor de dengue, zica vírus e chikungunya, tem chegado também na zona rural de Princesa Isabel. Atenta aos possíveis casos, a secretaria de Saúde também está organizando mutirões para combater os focos em distritos e localidades distantes da cidade.
O trabalho de mobilização da Secretaria de Saúde de Princesa Isabel vem sendo feito em toda a área urbana desde o inicio desse mês, e a partir dessa semana será estendido também nas zonas rurais, com o apoio das equipes de saúde das unidades.
As ações vão envolver toda equipe de saúde com apoio dos Agentes de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde. Mais de 30 agentes de endemias estarão vasculhando locais onde possa haver ambiente propício para a criação do mosquito.
Casos de Microcefalia na região
A região de Princesa Isabel já registrou 11 notificações de casos suspeitos de microcefalia relacionada ao vírus zika. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, foram notificados 569 casos suspeitos em 104 municípios paraibanos até o dia 9 deste mês.
Nos sete municípios que integram a 11ª Gerência Regional de Saúde de Princesa Isabel, foram notificados 06 casos da má formação na cidade de Juru e 02 em Manaíra .
Água Branca, Tavares e Imaculada têm, cada um, apenas 01 caso suspeito. Segundo o último boletim, não há registro de casos suspeitos em Princesa Isabel e São José de Princesa.
SB/ASCOM PMPI

Reações:

0 comentários: