quinta-feira, 24 de março de 2016

Águas do São Francisco chegam à Paraíba em dezembro deste ano, diz senador

Na qualidade de presidente da Comissão Externa de Acompanhamento das Obras de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) confirmou nesta terça-feira (22) que as águas da transposição do Rio São Francisco poderão mesmo chegar à Paraíba em dezembro deste ano. A previsão está no cronograma de obras do Ministério da Integração Nacional, anunciado pelo órgão. Ele lembrou que a Paraíba será o estado mais beneficiado com a transposição. Segundo Lira, atualmente, 10 mil trabalhadores estão atuando na obra. O parlamentar lembrou que, na Paraíba, a transposição inundará importantes açudes, como o Epitácio Pessoa (Boqueirão), que hoje está com cerca de 10% de sua capacidade, e o complexo Coremas-Mãe D’Água, garantindo volume permanente nestes e em outros reservatórios.
Lira comemorou a boa notícia, numa fase de previsões ‘assustadoras’ sobre a persistência da seca do Nordeste. Segundo informou, a Paraíba, assim como os demais estados do Nordeste, já enfrenta quatro anos de forte estiagem, e as obras de transposição do Rio São Francisco se constituem numa necessidade para a região.
Paraíba, estado mais beneficiado – Raimundo Lira lembrou que a Paraíba é o Estado brasileiro que detém a menor capacidade hídrica de todo o País. Isso ocorre porque, segundo ele, ao longo de toda extensão do semiárido, a Paraíba tem um terreno cristalino, que não oferece condições favoráveis à acumulação de água na superfície. Lira ressaltou que a transposição, que vai levar água para mais de 12 milhões de nordestinos, em 390 municípios, beneficiará mais de 100 cidades paraibanas, com a entrada no projeto do Ramal de Piancó, cujos recursos foram confirmados pelo Banco Mundial, segundo informou recentemente.
Assessoria de Imprensa

Reações:

0 comentários: