sábado, 12 de março de 2016

Serra Talhada terá o primeiro Jardim Botânico de preservação da Caatinga

A Reserva Estadual Mata da Pimenteira em Serra Talhada terá o primeiro Jardim Botânico na região da Caatinga. A iniciativa é uma parceria entre CPRH – Agencia Estadual de Meio Ambiente, Secretaria de Meio Ambiente de Pernambuco (Semmas), a UFRPE e a Secretaria de Meio Ambiente de Serra Talhada. De acordo com Zenaide Magalhães, gestora do Jardim Botânico da cidade do Recife e madrinha do projeto, a cidade receberá o jardim botânico após análise e estudo do bioma Caatinga e de sua importância para o Brasil e Pernambuco.
Segundo Sergio Azevedo da Semmas, o Jardim Botânico da Caatinga será o primeiro do Brasil, e tem como objetivo a conservação e preservação da mata ciliar com espécies que só existem em Serra Talhada. “Por isso a escolha da cidade, além de reunir toda a estrutura de gestão já existente, tais como UFRPE e IFSertão, será um polo educacional. Temos ainda, uma Unidade de Conservação (Mata da Pimenteira) e o IPA. Todo este conjunto permitirá maiores condições de trabalho, que garantirão a conservação em sitio peculiar da própria caatinga”, destacou.
O secretario de Meio Ambiente de Serra Talhada, Euclides Ferraz, reafirmou a importância de um jardim botânico no município, pois será de fácil acesso para as cidades da região e do estado. “Esta iniciativa certamente despertará interesse nacional, por trabalhar o bioma e permitir pesquisas de outros estados do país para desenvolver e conhecer a flora que não existe em nenhuma outra região do Brasil. Essa conquista é de grande relevância para nossa querida Serra Talhada. Será de fato um grande avanço de qualidade da conservação da flora e fauna do Brasil”, finalizou.
Farol de Notícias

Reações:

0 comentários: