quarta-feira, 20 de abril de 2016

Escândalo: Indicações de “fantasmas” por pré-candidato do PSB em Princesa Isabel lesa estado em mais de R$ 170 mil/ano

O pré-candidato do PSB à prefeitura de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, voltou a virar alvo de mais um escândalo essa semana – dessa vez por ser suspeito de indicar “fantasmas” para trabalhar em um Hospital do Estado da Paraíba na região sertaneja, e lesar o erário estadual anualmente com uma quantia considerável.
Depois de ser citado nos crimes de improbidade administrativa em processos licitatórios feitos pelo ex-prefeito na administração municipal, e que ainda não foram julgados, Ricardo Pereira, que é o diretor do Hospital Regional de Princesa Isabel, estaria sendo apontado como o responsável por indicar esses “fantasmas” para prestar expediente na unidade de saúde.
Segundo denúncia, suspeita-se que o socialista teria indicado pelo menos quinze nomes para trabalhar no local, em funções diversas, entre elas, de técnico em radiologia, auxiliar de serviços gerais, assistente administrativo, técnico de nível médio, entre outros - todos de forma fictícia. Os fantasmas receberiam regularmente a quantia mensal de R$ 788 cada, o que totaliza, ao final de cada mês, um prejuízo de quase R$ 12 mil.
Em um ano, esses recursos, que seriam destinados para a saúde, chegariam a bagatela de a mais de R$ 170 mil.
A reportagem do PB Agora recebeu a informação de que um dos “fantasmas” seria parente de um agiota, já outros seriam de profissionais de blogs locais, bastante conhecidos na região.
Ricardo Pereira é um dos nomes de confiança do PSB na região de Princesa Isabel e foi inclusive lançado como pré-candidato na disputa municipal pela legenda, nas eleições desse ano, justamente por gozar da confiança da cúpula socialista estadual.
Seu envolvimento em escândalos, no entanto, vai na contra mão do seu discurso moralista, que acusa o prefeito do município da prática de nepotismo, de apropriação indevida do dinheiro público e de pagar supersalários a um medico aliado.
Afinal, o que é legal perante a lei? Colocar parentes para trabalhar ou contratar fantasmas?
Fonte: PBAgora

Reações:

5 comentários:

maria disse...

Gente,que exemplo de homem público! Que legado irão deixar para os filhos de uma figura pública que comete este tipo de ilegalidade? Se alguns destes filhos cometerem certas atitudes na sociedade como um todo. Que argumentos serão usados contra determinados tipos de atitudes dessa natureza para com as futuras gerações?

lindemberg salvador disse...

a mascara deste elemento esta começando a cair...

Anônimo disse...

Infelizmente Sabrina essa é a realidade de nossos políticos, em seus discursos prima pela honestidade, ética, dignidade, mas no apagar das luzes utilizam métodos incusos para terem vantagens indevidas. esses fatos não ficam restrito ao politico citado, se ele fez isso é que aprendeu com outro que o antecederam e isso é apenas parte das falcatruas utilizadas por essas pessoas que deveriam trabalhar pelo povo e para o povo, mas como vemos trabalham unicamente em seus propário beneficio. mais cabe a nós mudar esse cenário votando em pessoas de reputação ilibada e mais que após elege-los temos que fiscalizar e cobrar o prometido em campanha.

adriana maia disse...

De outros e outros...avanteeee

Ronnier Ferreira disse...

Acho que se for colocar todos numa balança, eu ainda prefiro votar nesse cara. Pq minha mãe não está passando necessidade pq sempre que possível eu ajudo ela. 3meses de Salários Atrasados, até as escolas Fecharam as portas. E digamos que tenha esse prejuízo de 170 anuais, O rombo da prefeitura de PRINCESA ISABEL NA PARAÍBA, É motivo de Piada, porque se Vc sai pra cortar o cabelo aqui, o povo já fala logo. E eu como sempre só vou vendo que quem perde com isso tudo, é a massa Pobre de Princesa. Parabéns Princesa Isabel, por Vc colocar na prefeitura quem um Dia jurou colocar em Vc a coroa. Vai pagar os salários dos Pais de Família Prefeito, inclusive o da minha mãe