sexta-feira, 15 de abril de 2016

Funcionários dos Correios na Paraíba fazem paralisação por segurança

Os servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) na Paraíba paralisaram as atividades por 24 horas nesta sexta-feira (15). Com isso, nas de 200 agências devem fechar as portas durante todo o dia no estado. A decisão foi tomada durante uma assembleia da categoria na noite desta quinta-feira (14).Segundo o secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba, Empreiteiras e Similares (Sintect-PB), Roosevelt Tavares, a reivindicação é o reforço da segurança nas agências do estado.
Roosevelt Tavares explicou que o sindicato espera que todas as agências fechem nesta sexta-feira. Porém, como a revindicação é mais ligada aos atendimentos, alguns carteiros podem trabalhar durante esse dia de paralisação. Essa paralisação é de advertência, mas pode evoluir para uma greve de tempo indeterminado.
A assessoria dos Correios informou, por meio de nota, que, na quarta-feira (12), o diretor regional José Pereira da Costa, acompanhado de gerentes e assessores, realizou uma reunião com a diretoria do sindicato para discutir a melhoria da segurança nas agências de correio. Ele se comprometeu em analisar e adotar todas as medidas possíveis para reforçar a segurança nas unidades de atendimento e que manteria o sindicato informado sobre o andamento das ações. A ECT explicou que o sindicato não deu o tempo hábil necessário para análise e encaminhamento das reivindicações, mas que vai adotar providências visando minimizar os impactos para a população. Nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, existem alternativas de atendimento pela rede terceirizada, que não deve aderir ao movimento. //

Reações:

0 comentários: