sexta-feira, 8 de abril de 2016

Secretaria de saúde realiza mais um mutirão de combate ao Aedes Aegypti em Manaíra

A estratégia da Secretaria de Saúde de enfrentamento ao mosquito Aedes Aegypti em Manaíra, ganhou a valiosa colaboração dos Desbravadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia. A ajuda foi oferecida pela própria coordenadora do grupo. O mutirão de combate ao Aedes aconteceu no bairro de Cícero Rosas. A melhor forma de combater o mosquito Aedes é não deixá-lo nascer. Por isso, a prefeitura de Manaíra segue desenvolvendo ações todas as semanas através dos agentes de endemias juntamente com os agentes comunitários e demais profissionais da saúde inclusive o próprio secretário, visitando as residências da cidade para eliminar, tratar e alertar os moradores sobre como tomar providências para a eliminação permanente dos criadouros, e os cuidados para não contrair a Zika, a Chikungunya ou a Dengue através da picada do mosquito.
Vale lembrar que, desde a publicação do decreto, em 20 de janeiro, ficou autorizado pelo prefeito Zé Simão, o funcionamento do Centro de Saúde nos finais de semana, bem como a aquisição de uma grande quantidade de medicamentos e suprimentos hospitalares. O prefeito também autorizou a contratação de mais agentes de edemias e cobrou do estado o aumento da quantidade de larvicída e inseticida que estão sendo enviado em quantidade insuficiente para suprir a demanda, e o ministério da saúde proíbe que a prefeitura adquira-os com recursos próprios.
O secretário de Saúde Ivan Lima, em programa de rádio, rebateu boatos de que estaria faltando soro no Centro de saúde. Segundo ele, em todo o tempo desta epidemia nunca faltou medicamentos no Centro de Saúde do município, pelo contrário, a prefeitura chegou até a doar uma boa quantidade de Dexamentasona injetável, equipo e soro fisiológico para UPA regional, na tentativa de ajudar a suprir a falta de medicamentos na unidade. Ivan aproveitou para citar as ações que estão sendo desenvolvidas pela prefeitura em relação a esta epidemia e pediu a colaboração mais intensiva da sociedade no combate ao vetor, "Estão deixando tudo nas costas do serviço público, por isso que estamos em situação de alerta, somente com a colaboração de todos vamos conseguir erradicar esse mosquito" comentou ele.
ASSESSORIA DA PREFEITURA

Reações:

0 comentários: