quarta-feira, 18 de maio de 2016

Dados alarmantes: Saúde registra 881 casos de microcefalia em 135 municípios paraibanos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Operacional de Resposta Rápida, no período de agosto de 2015 até a segunda semana de maio de 2016, registrou 881 casos de microcefalia em 135 municípios.
Destes casos, 125 foram confirmados com base nos laudos dos exames de imagem e/ou resultados de exames laboratoriais para detecção do vírus zika; 418 descartados para a microcefalia relacionada à infecção congênita e 338 estão sendo investigados.
Dos casos notificados na Paraíba, 24 evoluíram para óbito, sendo confirmados 11, nos municípios de Sapé (2); São José do Sabugi (1); São João do Rio do Peixe (1); Santa Rita (2); Olivedos (1); Juazeirinho (1); João Pessoa (1); Conde (1) e Campina Grande (1). Três foram descartados e 10 estão sendo investigados.
O Governo do Estado, por meio da SES, vem desenvolvendo uma série de atividades de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, o Aedes aegypti. Dentro da ação de visitas domiciliares, de janeiro até o início de maio, foram visitados 2.849.704. Ainda foram trabalhados 2.382.967 e 305.206 estavam fechados.
Para intensificar as atividades, o Estado conta com o apoio do Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, Marinha do Brasil, Polícia Militar, além dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.
O programa de monitoramento de gestantes Alô Mãe também funciona no Espaço Cultural e acompanha, por meio de ligações telefônicas, o processo de cuidado no pré-natal das gestantes, em todo Estado. No período de 4 de março a 29 de abril, o programa realizou 2.853 ligações para gestantes de 92 municípios. Foram atendidas (atendimento concluído) 969 grávidas. Quanto às condições de saúde, os maiores problemas encontrados foram: infecção urinária; anemia; hemorragia; exantemas (manchas avermelhadas) e violência doméstica.

Reações:

0 comentários: