quinta-feira, 19 de maio de 2016

PB tem 116 denúncias de violência sexual contra criança e adolescente

O Disque 100 recebeu 116 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes na Paraíba nos quatro primeiros meses de 2016. Do total das vítimas, 88 são meninas e 39, meninos. Em 32 casos, o sexo das vítimas não foi informado. Foram 36 denúncias em janeiro, 20 em fevereiro, 35 em março e 25 em abril. Os dados são da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. JS = Esta quarta-feira (18) marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescente. A maioria das vítimas na Paraíba (51) está na faixa etária de 12 a 14 anos.
Outras 32 têm de 15 a 17 anos. Também foram registradas denúncias de violência sexual contra crianças de 8 a 11 anos (24), de 4 a 7 anos (17) e de 0 a 3 anos (19). Outras 16 denúncias não tiveram informações sobre idades das vítimas.
Na Paraíba, também há registros de suspeitos que são tios(as) (11), desconhecidos (11), namorados(as) (5), amigos(as) (5), irmãos(ãs) (5), cuidadores(as) (5), avós (3), companheiros(as) (2), diretores(as) de escola (2) e avôs (1). Em outros 97 casos, a relação dos suspeitos com as vítimas não foi informada.
Em 2015, o Disque 100 recebeu 576 denúncias na Paraíba, sendo 188 no primeiro quadrimestre. No ano anterior, houve ainda mais denúncias. Foram 616 ao longo de 2014, sendo 201 no primeiro quadrimestre. Desde 2011, 2013 foi o ano com o maior número de casos, 947.
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), participou de uma mobilização pela Rede Interinstitucional de Enfrentamento do Abuso e da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (Redexi). Na ocasião, foi divulgado o Disque Estadual 123, que atende denúncias de todo tipo de direito violado de forma sigilosa.//

Reações:

0 comentários: