sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Deputado denuncia calote de 15 meses em repasses da Saúde do Governo para município por perseguição política

O deputado João Henrique (Dem), vice-presidente da Assembleia, voltou a denunciar que o Governo do Estado está dando um calote de 15 meses nos repasses dos valores do Samu e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Monteiro, “por pura perseguição política, tudo porque a prefeita Edna (Henrique) não votou com o governador Ricardo Coutinho”.
E pontuou: “A responsabilidade de manter essas unidades é tripartite. O Governo Federal repassa 50%, o município, 25% e o Estado, 25% mas não o faz. Ingressamos na Justiça, que deu ganho de causa na 1ª instância, na 2ª, e até hoje o governador (Ricardo Coutinho) insiste em não repassar, cometendo não contra mim, ou contra a prefeita Edna, mas uma grande injustiça contra o povo do Cariri, contra o povo de Monteiro”.
E arrematou o vice-presidente da Casa: “Vejo aqui uma grande cobrança dos governistas para com a saúde no âmbito de João Pessoa, que também é minha preocupação. Mas, aqui nesta Assembleia, cobram do prefeito da Capital um investimento maior na área de saúde, e as críticas são constantes contra a gestão municipal de João Pessoa, mas não olham para o que o Governo faz com os municípios.”

Reações:

0 comentários: