quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Em Brasília, Prefeito Dominguinhos trata de assuntos sobre Adutora do Pajeú e Construção de nova sede do INSS

Nessas últimas duas semanas o Prefeito Dominguinhos esteve em Brasília, na busca por soluções para diversos problemas no nosso município.Na semana passada, dia 09 de agosto, o gestor municipal esteve com o Presidente do INSS do Brasil, o paraibano Dr. Leonardo Gadelha, onde tratou da construção da nova sede do instituto na nossa cidade.
O Prefeito lembrou que essa iniciativa já aguarda uma resposta efetiva do Governo Federal há 05 (cinco) anos, quando o Poder Público Municipal, ainda na gestão passada, disponibilizou um terreno para a construção da referida nova sede. No entanto, o projeto paralisou, sendo impedido pela crise econômica que se instalou no país.
O Prefeito argumentou que o prédio que serve de agência do INSS, atualmente, não proporciona condições adequadas de atendimento aos beneficiários dos serviços, sendo de extrema necessidade uma solução para esta demanda. Já nesta semana o Prefeito Dominguinhos esteve em reunião com o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, acompanhado do Senador Cássio Cunha Lima e do Deputado Federal Aguinaldo Ribeiro. Na audiência o assunto tratado foi o Sistema Adutor do Pajeú, mais especificamente, o ramal que transpõe água para o nosso município. O Prefeito Dominguinhos preocupou-se com a notícia que recebeu dos engenheiros do DNOCS-PE, quando em visita na nossa cidade, sobre a paralisação das obras da adutora, motivada pela falta de recursos. Os técnicos informaram que o empenho que foi realizado e pago fazia referência, unicamente, à aquisição e implantação de tubulação, para a chegada na zona urbana do município. Restaria ainda recursos para a construção da Estação Elevatória, para a Caixa D´agua e para a adutora que transporta água à Estação de Tratamento.
Na audiência com o Ministro da Integração, o Prefeito Dominguinhos argumentou que nossa cidade vive uma crise hídrica sem precedentes, problema que vinha recebendo atenção exclusiva da Prefeitura, já que o Governo do Estado, através da CAGEPA, abandonou os serviços de abastecimento e não disponibilizou qualquer outra forma de distribuição de água, causando um transtorno gigantesco à população. Desta feita, diante da estiagem que ainda perdura, a Adutora do Pajeú torna-se nossa única solução de abastecimento.
O Ministro demonstrou sensibilidade ao pleito e, imediatamente, determinou o encaminhamento de recursos para a continuidade da obra, garantindo, assim, o cumprimento do prazo para inauguração e acalmando a aflição da população princesense, que tanto sonha e necessita desta obra.
Por fim, o Prefeito de Princesa, Dominguinhos, disse que não se permite abalar com as afrontas pessoais que sofre constantemente. Afirmou que só o trabalho verdadeiro e realizado por pessoas de caráter pode solucionar os problemas que nossa cidade ainda tem.
ASCOM/PMPI

Reações:

0 comentários: