terça-feira, 23 de agosto de 2016

Prefeito de Manaíra é acusado de mandar fechar museu da cidade

Após 7 anos de funcionamento, o Museu de Manaíra está para fechar suas portas por conta do estilo administrativo do Sr. José Simão, estilo de perseguição que faz, nos últimos 20 anos, àqueles que não se dobram à sua vontade. Por não apoiar seu grupo político, agora, no início da atual campanha eleitoral, o Prefeito solicita a devolução do prédio do Museu ao seu administrador, Sr. Valdeny Antas Diniz, como forma de retaliação.Aliás, a cidade toda está sabendo de suas últimas atitudes: demissões, inclusive de pessoas que legalmente não poderiam ser afastadas do trabalho por estar dentro de período de gravidez, transferência de funcionários efetivos para locais desnecessários e tendo que contratar gente de fora para fazer o serviço que eles faziam, somente para demonstrar quem é que manda em Manaíra.
No início do funcionamento do Museu, o Prefeito prometeu um funcionário da Prefeitura para ajudar nas pesquisas sobre a História do Município. Dois dias depois mandou o funcionário retornar. Essas pesquisas foram feitas àscusta do administrador do Museu, concluindo com sua apresentação à Comunidade, através do livro: MANAÍRA – Raízes Históricas de um Povo.
Havia um contrato de parceria para ajudar em algumas despesas do Museu, e o Senhor Simão mandou cortar, anos atrás, tendo, por consequência, provocado a extinção do Grupo Folclórico de Manaíra, que tanto bem fazia à juventude e alegrava a cidade.
Todos esses anos o administrador pagou, do próprio bolso, o aluguel do prédio do Museu, que atualmente está em R$ 440,00 (quatrocentos e quarenta reais) mensais. Paga a funcionária e todos os seus direitos trabalhistas de INSS, FGTS, férias, 13º salário etc., bem como as contas de água, luz, internet, impressão de trabalhos escolares, serviços de pesquisas de alunos, atendimento às escolas etc. Nunca ninguém pagou qualquer valor para utilizar-se de quaisquer serviços prestados pelo Museu.
Muitas ideias e projetos foram apresentados pelo Sr. Valdeny e seus amigos ao Senhor Prefeito, para ajudar no crescimento de Manaíra, em seu embelezamento, no desenvolvimento das artes, da cultura, do meio ambiente, da agricultura e da geração de emprego e renda. Todas foram recusadas. Porque o interesse do Senhor Prefeito não é o desenvolvimento de Manaíra nem de seu povo. Se o Senhor José Simão fosse um manairense, certamente defenderia seu povo e não sua eterna manutenção no Poder.
Até o prédio, que estava abandonado, foi mantido com muito zelo e responsabilidade, como demonstram as fotos de quando o receberam e de como está agora.
Essas informações servem para que a população tenha conhecimento de mais um prejuízo que sofre por conta de uma pessoa que não pensa no bem comum. Ainda está na memória de nossos conterrâneos a agressão física que o Prefeito fez ao citado administrador, na Câmara de Vereadores, fato que envergonhou até a própria família do Sr. Simão.
Paraíba

Reações:

0 comentários: